Neste mês, uma vendedora de mel chilena foi processada pelo ator Mel Gibson por violação de direitos. O motivo? Yohanna Agurto batizou o seu produto de “Miel Gibson” e, no rótulo, usava uma imagem do astro no filme “Coração Valente” de 1995. Uma situação semelhante aconteceu em Maringá há dois anos, quando uma lanchonete notificada pela Disney teve de trocar de nome.

Foto: Divulgação

 

O então “Disnei Lanches”, fundado em 2004, recebeu uma notificação da Disney Enterprises, sediada na Califórnia, Estados Unidos, e precisou mudar de nome para não ser multado.

Para ler a matéria completa no portal GMC Online clique aqui.