Dois homens, em torno dos 25 anos, morreram após trocar tiros com policiais militares, na noite dessa sexta-feira (26), no bairro Pilarzinho, em Curitiba. Os suspeito fugiam com um carro roubado, um pouco antes, de um motorista de aplicativo e foram surpreendidos por uma viatura policial, quando a perseguição se iniciou e terminou em confronto. O corpo de Bombeiros chegou a ser chamado para atender os feridos, inclusive com apoio médico, mas eles não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

(Foto: Daniela Sevieri/Banda B)

De acordo com informações da polícia, três suspeitos teriam chamado um carro de aplicativo para Colombo, com destino ao Centro Cívico, quando deram voz de assalto ao motorista e fugiram sentido Almirante Tamandaré. Policiais cruzaram com o carro roubado na Rodovia dos Minérios e iniciaram um acompanhamento que apenas teve fim no bairro Pilarzinho. Os suspeitos bateram o carro na esquina das ruas David Hume com Alexandre Von Humboldt, local em que aconteceu o confronto.

Um dos suspeitos se entregou e foi preso, os outros dois foram baleados.

Um motorista de aplicativo reclamou da insegurança sofrida diariamente. “Preocupante a nossa situação, já que cada passageira que embarca no seu carro, você não sabe se vai chegar no destino ou se vai ser roubado no caminho. O aplicativo valoriza só o cliente, o motorista não tem segurança nenhuma”, reclamou ele.

Outro, que também não será identificado, conta que chegou a ser preso no porta malas de um carro. “Peguei uma corrida em Araucária e fui amarrado no porta-malas do veículo e só fui resgatado em Colombo, graças ao apoio do nosso grupo ‘Anjos da Pista'”, afirmou o motorista.

Os corpos dos dois suspeitos, reconhecidos pela vítima, foram recolhidos ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso do roubou segue acompanhado pela Polícia Civil.