Um comerciante de 51 anos foi preso em flagrante no Jardim Monza, em Colombo, região metropolitana de Curitiba, vendendo fios de pipa com cerol. O detido era dono de uma loja de pipas e os policiais militares do 22° Batalhão foram ao local depois de denúncias de crianças que estavam usando a mistura cortante, perigosa e proibida.

De acordo com o soldado Santana, foram apreendidos mais de 171 rolos com 500 metros de cerol. “Uma grande quantidade. O cerol é proibido e pode causar tragédias. O comerciante foi encaminhado a Delegacia do Alto Maracanã, onde pagará uma multa e será liberado”, afirmou.

O soldado também destacou que o comerciante disse não saber que a venda do cerol é proibida. “Esta desculpa não cola. Na verdade, mais uma vez a ganância falou mais alto e eles vendem sem se preocupar com as pessoas, simplesmente pelo dinheiro”, concluiu.

O cerol é usado em pipas para cortar outras que passam por perto e causa diversos acidentes. Em outubro deste ano, por exemplo, um motociclista ficou ferido depois de ser atingido por uma linha repleta de cerol, no bairro Novo Mundo, em Curitiba.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Comerciante é preso vendendo cerol para criança e dispara: "É proibido?"

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.