Uma frente fria avançou pelo Sul do Brasil nesta segunda-feira com chuva mais ampla e alto risco de temporais nos três estados do Sul. No Paraná, as tempestades devem ficar mais localizadas na região Oeste, mas também chegarão, em menor força, durante a tarde de hoje à faixa Leste, onde está Curitiba e região metropolitana.

Rua Itupava esquina com a Schiler, no bairro Cristo Rei, no temporal do último sábado (Foto: Márcio José/Colaboração)

 

O meteorologista Reinaldo Kneib, do Simepar, explicou à Banda B como o ciclone vai afetar o Paraná. “Já tivemos mudanças nesta manhã na divisa com o Mato Grosso do Sul e Paraguai, com descargas elétricas e tempestades severas. O terno deste ciclone é entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, se deslocando em seguida para o Oceano Atlântico”, descreveu.

Segundo o meteorologista, em Curitiba e região ainda esquenta nesta segunda-feira e a chuva forte, semelhante a que aconteceu no sábado, ficará mais para o fim da tarde. “O calor com a umidade contribui para chuvas mais fortes e localizadas, que devem durar até a madrugada de terça-feira. A partir de então o tempo volta a se estabilizar e esquentar”, salientou Kneib.

Confira a previsão, segundo o Simepar, para os próximos dias:

(Foto: Reprodução Simepar)