Da Redação

A partir de novembro, quem planeja tirar a primeira habilitação só vai poder se inscrever para as aulas teóricas e práticas de direção depois de aprovação nos exames médico e psicológico.  A medida foi anunciada nesta quinta-feira (31) pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran).

Segundo o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, o objetivo da mudança é melhorar o desempenho dos candidatos. “O aluno deve se concentrar em obter um bom resultado na etapa em que se encontra. No exame de aptidão física e mental, por exemplo, é importante buscar orientação sobre como serão os testes, saber o que é cobrado na fase coletiva e na individual do exame psicológico. Este preparo é fundamental para evitar nervosismo e ansiedade, que podem prejudicá-lo”, explica.

A mudança vale apenas para processos abertos a partir do dia 1º e não altera aqueles que já estão em andamento. As taxas pagas para a primeira habilitação serão divididas: uma única para os exames médico e psicológico e outra para os outros testes e serviços. “Assim, se o aluno reprovar nos exames de saúde, ou desistir do processo nesta etapa, não vai perder tempo e dinheiro”, completa Traad.

Sistema automático

Outra inovação anunciada pelo Detran é a apropriação automática do processo de habilitação. Antes, as taxas eram pagas, o aviso de pagamento era enviado ao Detran para processo e só então era liberado o agendamento dos serviços. Agora, a taxa será paga e identificada por um sistema automático da rede bancária, em um prazo de cerca de 15 minutos.

A alteração foi uma sugestão do Sindicato dos Proprietários dos Centros de Formação de Condutores do Estado do Paraná, que integra um dos grupos temáticos para discussão e implantação de melhorias nos serviços do Departamento.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Candidato terá que passar em teste psicológico para fazer aula teórica, anuncia Detran

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.