O Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Paraná (PM) realizou uma distribuição de doces em comunidades carentes da capital e de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A ação ocorreu nesta quarta-feira (8) e é resultado da Campanha Pascoa Solidária do BOPE 2020. A campanha ocorreu do dia 12 de março até o dia 3 de abril, e ao todo, foram doadas 267 caixas e 120 barras de chocolate.

Na terça-feira (7), a equipe visitou o Lar Moises em Curitiba, e o Projeto Nova Terra, em Colombo. Depois da Vila Estrela, a viatura, ainda carregada com muito chocolate, seguiu para um acampamento de ciganos em São José dos Pinhais, onde mais uma dezena de crianças também receberam os doces dos policiais militares. Também foi feito patrulhamento nos bairros Parolin, Santa Cândida e no Centro de Curitiba, além das cidades de Pinhais, Fazenda Rio Grande e Colombo, sendo realizada a entrega de chocolate para mais crianças.

 

Soldado Adilson Voinaski/BOPE

O vice-presidente da Associação de Moradores da Vila Estrela Bruno César Roque, agradeceu o auxilio que a Polícia Militar está fornecendo neste momento difícil. A comunidade, que fica no bairro Fazendinha, em Curitiba, recebeu diversas caixas de bombons e saquinhos com chocolates dos integrantes da Seção de Relações Públicas do BOPE. Somente nesta comunidade, 150 crianças foram agraciadas com doces.

“É muito importante a gente incluir a Polícia Militar para estar nos auxiliando. É uma honra receber os policiais aqui e a gente espera dar continuidade, fortalecer essa parceria unindo a comunidade e a Polícia Militar para que possamos colher bons frutos”, afirmou.

Segundo a oficial de Relações Públicas da unidade, tenente Sibele Toniolo, no momento da ação os policiais militares utilizaram máscara e luvas, conforme as orientações do Ministério da Saúde para prevenir a disseminação do coronavírus (Covid-19). A tenente mencionou que as entregas foram feitas de maneira rápida, sem gerar aglomerações de pessoas.

Soldado Adilson Voinaski/BOPE

A tenente disse que só tem agradecer ao povo paranaense que, mesmo diante das dificuldades, ainda conseguiram contribuir com o sucesso da ação. Sibele mencionou a satisfação que teve ao ser abordada por pais que mencionaram que aqueles seriam os únicos chocolates que as crianças receberiam na Páscoa, já que muitos estão desempregados e passam dificuldades devido a pandemia.

“Foi gratificante poder ajudar tantas crianças, principalmente diante das dificuldades que todos nós estamos passando com o coronavírus. Procuramos entregar os doces de forma que não houvesse aglomeração de crianças e adotando as medidas preventivas. No mais, a campanha foi um sucesso, só temos a agradecer a solidariedade dos paranaenses”, finalizou.