Um asteroide de tamanho semelhante ao de um pequeno automóvel passou perto da Terra no último domingo, 16. Chamado de 2020 QG, ele esteve a 2.950 quilômetros do planeta, uma distância curta em termos proporcionais.

Para a Nasa, isso significa que este é o asteroide que esteve mais próximo do globo sem atingi-lo. Apesar da pouca distância, ele não teria atingido a superfície da Terra, porque teria se dissipado na atmosfera e apenas resíduos cairiam no planeta.

Foto: Reprodução/Twitter

A identificação do asteroide ocorreu depois de seis horas, por meio do Observatório Palomar, nos Estados Unidos. Paul Chodas, diretor da Nasa, também confirmou que a agência espacial não o identificou. “O asteroide se aproximou sem ser detectado”, afirmou.

O asteroide passou próximo ao extremo leste da Austrália, perto do Oceano Pacífico. Tony Dunn, criador do site orbitsimulator com, postou em seu perfil no Twitter uma animação que reproduz a trajetória do asteroide.

“Ele passou com uma distância menor do que um quarto do diâmetro da Terra”, explicou Dunn.