Por Denise Mello com Sindishopping

A promessa é super atrativa para qualquer lojista: investimento baixo para  aumentar o fluxo de consumidores dentro dos estabelecimentos, e dentro de um público segmentado.

Da mesma forma, qual cliente não gostaria de receber dinheiro para visitar lojas dentro do seu perfil de interesse, numa espécie de via sacra comercial?

É dentro destas premissas que está se expandindo, principalmente no Rio e São Paulo, um aplicativo que promete ir além nas áreas de gestão e vendas e levar os consumidores para dentro das lojas. Em Curitiba, o objetivo da empresa é oferecer esta ferramenta ainda este ano.

O nome é PiggyPeg (uma mistura das palavras porco, em inglês, e o verbo pegar). O app começou a funcionar em maio de 2015 e tem hoje 100 mil clientes cadastrados e 300 lojas participantes, como as redes de lojas Marisa, Chilli Beans, C&C e Petz. Mas há também pequenos comerciantes.

pig

Como funciona

Para participar o lojista baixa o aplicativo do PiggyPeg for Business e preenche o cadastro com as informações da empresa. Faz então uma transferência bancária: o valor mínimo é R$ 50.00 – e o aplicativo cobra uma taxa que varia entre 10% e 15%.

Os próximos passos são escolher o valor que será dado para os visitantes – as recompensas costumam variar entre R$ 1 e R$ 10,00 –, a loja que deve ser visitada, o perfil de consumidor e o período do dia.

Ao mesmo tempo, a empresa do aplicativo reúne vários lojistas para baixarem a ferramenta. Assim, num shopping, por exemplo, o consumidor que também baixou o aplicativo por meio de campanhas de marketing, terá um trajeto a percorrer para fazer uma espécie de check in nas lojas que receber o convite.

“Há um aplicativo específico para o lojista e outro para o usuário. O lojista define quanto quer dar ao cliente pela visita, por exemplo 1, 2, 5 ou até 10 reais. Define o público que quer atingir, segmentado por sexo, horário, idade. Assim, se ele quiser investir, também como exemplo, 50 reais, vai atrair determinado número de cliente de acordo com o que pagar para cada um. É a garantia de pessoas indo até a sua loja dentro do perfil que lhe interessa”, explica João Luis Olivério, COO do PiggyPeg, em entrevista ao Sindishopping.

Na loja, o cliente entra e encontra um tablete com o QR Code do aplicativo. Faz a confirmação de presença e ganha crédito que, quando chegar ao valor mínimo de R$ 20,00, se transforma em dinheiro direto na sua conta bancária.

Os lojistas também têm a opção de enviar uma mensagem para o cliente, assim que a captura do QR Code for realizada. Dessa forma, é possível anunciar diretamente no celular dos visitantes.

Para ler a  reportagem completa sobre o PiggyPeg clique aqui