Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

colegio-protestoManifesto dos alunos foi pacífico. Foto: BH/Banda B

Os alunos do Colégio Estadual Desembargador Guilherme de Amaral Maranhão, no bairro Tatuquara, em Curitiba, protestaram em frente à escola na manhã desta sexta-feira (22). Cerca de 50 estudantes bloquearam a entrada do colégio no início da manhã para reclamar da falta de estrutura das salas e de todo o colégio.

Os alunos se reuniram em frente ao colégio, que fica no Jardim da Ordem, e a revolta com a falta de materiais e estrutura era grande. Segundo eles, desde o ano passado, a única televisão que funcionava para aulas didáticas com imagens parou de funcionar. “Ninguém diz nada para gente. Falam que vão arrumar, vão arrumar e está até agora assim”, disse uma aluna do 8º ano. O colégio tem ensino fundamental e médio e as aulas acontecem de manhã e à tarde.

A grande reclamação entre os alunos acontece em dias de chuvas. Segundo eles, chove mais dentro que fora. “A gente tem que ficar desviando as goteiras com o caderno. Esses dias, quase perdi meu livro por causa disso”, disse um manifestante. Também, as cortinas estão rasgadas em, praticamente, todas as salas e os vidros estão quebrados.

Duas viaturas do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (Bpec) acompanharam o manifesto pacífico dos alunos.

Retorno

A reportagem da Banda B entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Educação que informou que a escola passou por reformas gerais no ano passado. O caso foi isolado e os pais desses alunos estão no colégio conversando com a direção. De acordo com a escola, esses alunos estão sendo cobrados constantemente por mais disciplina e  melhor desempenho.