A jovem Alana Maranhão, de 18 anos, foi encontrada morta neste domingo (30) na casa em que morava em Paranavaí, no interior do Paraná. Ela era considerada uma das promessas do atletismo brasileiro, com excelente resultados no lançamento de dardo. 

(Foto: Divulgação)

 

Alana, aos 16 anos, foi medalha de ouro no Campeonato Brasileiro Sub-18, com 50,09 m. Primeira colocada no ranking nacional da categoria, ela garantiu vaga no Mundial. Um inquérito policial foi aberto para investigar o caso e não se descarta a possibilidade de um suicídio.

O corpo da atleta foi sepultado em Paranavaí. Por meio de nota, “a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), lamenta a morte da atleta Alana Maranhão, de Paranavaí (PR), registra o mais profundo pesar em nome da comunidade do atletismo pelo ocorrido e deixa condolências aos familiares e amigos.”