As selfies fazem parte da vida contemporânea: que atire a primeira pedra quem nunca virou a câmera do celular e tirou uma foto de si mesmo. Porém, a busca por curtidas pode tornar uma ação simples em algo perigoso.

Tirar selfies pode ser questão de saúde pública, dizem pesquisadores
Cerca de 379 pessoas morreram na tentativa de tirar fotos. Foto: Reprodução/Instagram

Estima-se que, entre 2008 e 2021, 379 pessoas morreram na tentativa de tirar fotos em paisagens como montanhas, cachoeiras, quedas d’água e poços naturais. Entre as vítimas, a maioria é composta de homens jovens.

Muitas das vítimas das selfies são turistas que se machucam e morrem sozinhos, uma vez que geralmente buscam lugares de difícil acesso para conseguir um bom ângulo. Geralmente, são regiões onde os serviços de emergência e de celular costumam falhar.

Para ler a matéria completa do Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Tirar selfies pode ser questão de saúde pública, dizem pesquisadores

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.