Os Estados Unidos enfrentam uma situação sem precedentes de uso descontrolado de opioides. O uso dessas substâncias, especialmente do fentanil, uma das versões mais potentes, tem levado milhares de americanos a overdoses.

Os opioides são compostos por substâncias que interagem com receptores no sistema nervoso para aliviar a dor e são comumente utilizados no período pós-operatório para amenizar as fortes dores típicas desse momento.

Opioides: qual é o cenário brasileiro de consumo das drogas?
Drogas apresentam risco de dependência. Foto: Getty Images

Como efeito colateral, essas drogas apresentam risco de dependência em casos de uso inadequado.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Abuso de Drogas dos EUA, as mortes por overdose causadas por opioides aumentaram quatro vezes em pouco mais de uma década, passando de 21 mil em 2010 para 80,4 mil em 2021, o equivalente a mais de 200 mortes por dia causadas por overdose de opioides.

O problema se tornou tão grave e comum que ‘máquinas como as de venda de refrigerante’ que dão antídoto de overdose podem ser encontradas pelas ruas do país. O Canadá é outro país em forte crise, e viu um aumento de 67% nas mortes por overdose de opioides.

No Brasil, os opioides já circulam no mercado paralelo ilegal — fora das mãos de pacientes com prescrições adequadas e do ambiente hospitalar.

Em 2019, uma pesquisa feita pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) mostrou que 4,4 milhões de brasileiros já utilizaram opioides sem prescrição médica.

Para ler a matéria completa da BBC News Brasil, clique aqui

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Opioides: qual é o cenário brasileiro de consumo das drogas?

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.