Gatos são geralmente animais dóceis, mas podem apresentar comportamentos agressivos e inesperados quando se sentem provocados ou incomodados. Muitas pessoas, porém, ao serem atacadas por estes animais não buscam atendimento médico, o que pode ser um risco para a saúde.

Captura de Tela 2023-11-28 às 09.38.24
Saiba o que fazer em casos de ataques de gatos. Foto: Getty Images

Segundo a infectologista Emy Akiyama Gouveia, do Hospital Israelita Albert Einstein, em casos de ataques por gatos, seja por mordedura ou arranhão, a primeira medida a ser tomada é a completa higienização do local, lavando o ferimento com água e sabonete neutro.

Em seguida, é crucial tentar identificar se o animal está vacinado e se existe alguma suspeita de raiva – nem sempre isso é possível, porque esse ataque pode ter acontecido com um animal que vive na rua. Neste caso, ou nos casos das vacinas desatualizadas, a recomendação é buscar atendimento de emergência, onde a administração de profilaxia com antibióticos pode ser considerada.

Para ler a matéria completa do Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Mordida ou arranhão de gato: o que fazer se sofrer um ataque?

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.