Mais de uma em cada cinco pessoas empregadas (quase 23% do total) já sofreu algum tipo de violência e assédio no trabalho, seja físico, psicológico ou sexual. É isso o que aponta uma análise conjunta, a primeira deste tipo, feita pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), Lloyd’s Register Foundation (LRF) e Gallup.

Foto: Igor Estrela/Metrópoles

O estudo “Experiências de violência e assédio no trabalho: Primeira pesquisa mundial” fornece uma visão da extensão do problema e de suas diferentes formas. Analisa ainda os fatores que podem impedir as pessoas de falar sobre tais experiências, o que inclui vergonha, culpa, falta de confiança nas instituições, ou mesmo, porque esses comportamentos não raro são vistos como “normais”.

O estudo, divulgado nesta segunda-feira (5), foi baseado em entrevistas realizadas em 2021 com quase 75 mil pessoas, com 15 anos ou mais, em 121 países e territórios. Ele faz parte da Pesquisa Global de Risco da Lloyd’s Register Foundation.

Para ler a matéria completa do Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Estudo mostra que uma em cada cinco pessoas já sofreu violência e assédio no trabalho

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.