O cenário de crise econômica acentuado pelo desemprego em massa fez com que muitas pessoas tivessem queda na renda e inflação alta. Com o saque extraordinário de R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), muitas pessoas devem ter um respiro em meio ao aperto das contas. A partir desta quarta-feira (20), trabalhadores nascidos em janeiro poderão sacar entre R$ 500 e R$ 1 mil, a depender do saldo.

Foto: Agência Brasil

Para sacar, basta ter uma conta no Caixa Tem e no aplicativo do FGTS. De acordo com o professor de Finanças da Escola de Negócios da Universidade Positivo Itamir Caciatori Junior, quem tiver direito ao FGTS e, está devendo dinheiro, pode usar o saldo para renegociar as dívidas.

“São três passos: as pessoas devem ver o quanto elas devem, quanto vão pagar, começando com dívidas e cheque especial que são as mais caras e, em terceiro lugar, as pessoas tem que pensar em como elas vão negociar e chegar mais perto do valor original da dívida”, diz

O especialista também dá dicas para quem tem direito ao FGTS e não tem dívidas. Segundo ele, uma alternativa é procurar no banco ou em uma corretora, o investimento no Tesouro Direto ou Selic.

A Selic é a taxa básica de juros da economia. É o principal instrumento de política monetária utilizado pelo Banco Central (BC) para controlar a inflação.

“A aplicação de R$30 do governo é de risco mínimo. A pessoa pode ter um juro muito bom de 11,75% por ano, é um investimento com segurança”, destaca Itamir

Segundo o economista, é importante usar o dinheiro com sabedoria e ter planejamento financeiro.

Limpar o nome

De acordo com o professor, as pessoas vão começar a gastar mais dinheiro. No entanto, o valor do FGTS precisa ser utilizado para limpar dívidas. “Quem limpa o nome com R$ 1000 vai passar a ter muito mais crédito. Ela limpou o nome com R$ 1000 no cartão de crédito mas tem um limite de R$ 5000, então a pessoa pode gastar mais ainda”, diz.

Por fim, Itamir reforça que quem não estiver com o nome limpo vai ficar fora da economia. “Quem está fora da economia, está fora da sociedade”, afirma

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Especialista diz que valor de R$ 1 mil do FGTS deve ser usado para pagar dívidas

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.