Por Pedro Melo

Parque Náutico também receberá o Campeonato Brasileiro de Canoagem. (Divulgação)Parque Náutico também receberá o Campeonato Brasileiro de Canoagem. (Divulgação)

O Brasil manteve o mesmo desempenho de quatro anos atrás nos Jogos Pan-Americanos, com 141 medalhas, mas uma modalidade em especial teve um grande crescimento: a canoagem em velocidade. Em Guadalajara, foram apenas quatro medalhas e o número, em Toronto, aumentou para nove, sendo dois ouros. Com isso, modalidade virou uma das esperanças brasileiras para a Olimpíada do Rio de Janeiro e tudo isso tem a participação da cidade de Curitiba.

Desde janeiro de 2015, os canoístas brasileiros das equipes de caiaque masculino e feminino, canoa feminina e canoa masculina júnior e sub-23, e canoa feminina sênior treinam no Parque Náutico do Iguaçu, no Bairro Boqueirão, onde fica o Centro de Treinamento, além disso possui o Centro de Desenvolvimento da Canoagem e a sede da Confederação Brasileira (CBCa).

Em entrevista à Banda B, presidente da CBCa, João Tomasini Schwertner, destacou a importância da capital paranaense para o crescimento da Canoagem no Brasil. “Curitiba​ é tradicional na história da Canoagem Brasileira, inclusive recebendo importantes eventos do esporte como por exemplo ​Campeonato Mundial Júnior 2001, ​Copa do Mundo, Sul-americano, além dos eventos nacionais que são constantes. O Parque Iguaçu é fundamental no desenvolvimento e evolução da Canoagem Brasileira rumos aos Jogos e lá temos a estrutura para que possamos trabalhar com tranquilidade em busca deste objetivo”, ressaltou.

Seis dos nove medalhistas no Pan treinam no Parque Náutico do Iguaçu e Schwertner afirmou que é o grande resultado em Toronto é apenas um passo para conquistar uma medalha histórica nos Jogos Olímpicos. “Trabalhamos muito nos últimos anos aprimorando e desenvolvendo a Canoagem Brasileira. É claro que um resultado histórico como este nos enche de orgulho, pois nos dá certeza que o caminho até o Rio de Janeiro está sendo bem feito com planejamento e muito esforço. Contudo, este foi mais um passo rumo à sonhada medalha olímpica no ano que vem”, destacou.

Os próximos passos da canoagem de velocidade do Brasil serão o Campeonato Mundial da categoria, em Milão, na Itália, entre os dias 19 e 23 de agosto e de 25 a 28 de setembro, eles disputam o Campeonato Brasileiro, justamente em Curitiba, no Parque Náutico do Iguaçu, local de treinamento da maioria dos atletas.