No dia de hoje, 14/03/2017, abro espaço para a Ala Jovem do Conselho Deliberativo do Coxa, para que possam esclarecer alguns pontos.

“O cenário político do Coritiba Foot Ball Club, administração e conselhos, foi tradicionalmente caracterizado pela pouca abertura. O torcedor acostumou-se a ver nos cargos sempre as mesmas pessoas e com o mesmo perfil, fruto principalmente de um estatuto ultrapassado, que, por exemplo, privilegia antiguidade associativa e cargos vitalícios para a composição dos conselhos.

Não foram poucos os jovens coxas-brancas que nos últimos anos e nas últimas eleições tentaram de alguma forma quebrar essa barreira e se inserir na vida política do Clube, sempre encontrando pouco ou nenhum respaldo das gerações mais antigas. E esse movimento acabou ocorrendo de forma mais organizada na última eleição (dezembro de 2014), com a chapa vencedora contando com grande número de jovens coxas eleitos para o Conselho.

Nesse contexto é que surgiu o grupo chamado de Ala Jovem, nome que basicamente identificou esses novos Coxas que pela primeira vez participavam do dia a dia político do Clube, sem nenhum vínculo com conselheiros e dirigentes de outras administrações (tampouco com o ex-presidente do conselho deliberativo, Pierpaolo Petruziello, como mencionado pela Tribuna do paraná) e que desde o início adotaram uma postura combativa de cobrança da administração e de atuação presente nas diversas comissões do Conselho Deliberativo. E por conta dessa atuação e pelos mais variados motivos é que já em meados de 2015 esse grupo rompe com a administração que ajudou a eleger no fim de 2014.

E, desde então, com vários integrantes no Conselho, essa Ala Jovem vem atuando nas mais variadas questões e espaços que são importante para o Coritiba. Exemplo disso foram os posicionamentos pela punição dos envolvidos nos julgamentos da doação para a campanha da FPF e “whatsapp” e pela reprovação de Alceni Guerra como vice-presidente do Clube, bem como a constante cobrança pelo cumprimento do orçamento.

Hoje a Ala Jovem conta com membros na comissão de patrimônio, de sócios e marketing, de apoio à base, de eventos, no Conselho Fiscal e na mesa diretora do Conselho. Mesmo com a consciência de que a luta por mudança e renovação é extremamente difícil, hoje o foco permanece esse: cobrar a administração e ajudar no dia a dia do Clube. Não há, portanto, candidatura ou apoio para a eleição que só acontecerá daqui a nove meses”.

SAV.

MARCÃO.

12935312_964597753647231_304125787_n