Álvaro Goes projeta temporada tranquila do clube e projeta briga pelo bicampeonato estadual (José Tramontin/OFEC)

Retornando à primeira divisão do Paranaense após dois anos, o Operário quer aproveitar do bom momento para mirar o protagonismo na elite. Em um ano que marcará a disputa da Série B do Brasileiro, o presidente Álvaro Goes destaca o planejamento para a temporada de 2019 e tem como um dos objetivos a briga pelo título estadual.

“Todo objetivo quando o Operário entra é buscar o melhor, uma conquista de título ou algo deste tamanho. Mas o objetivo é fazer um bom campeonato, buscar uma vaga na Copa do Brasil. Vamos trabalhar para isso. Temos intenções e vamos buscar fazer um bom elenco para o Campeonato Brasileiro”, comentou Goes em entrevista à Banda B.

Um dos trunfos da diretoria do Fantasma para repetir os bons anos recentes é a manutenção da base, que perdeu poucos jogadores com relação ao grupo campeão brasileiro da Série C no ano passado. “O Operário manteve praticamente 70% do elenco que disputou a Série C. Subimos quatro jogadores da base para o profissional e trouxemos mais quatro reforços para compor o grupo. A expectativa nossa é de fazer um bom campeonato. Todo time que se mantém uma base, as coisas ficam mais fáceis”, ressalta o presidente.

Sem prometer loucuras, Álvaro Goes garante que o orçamento do Operário prevê uma temporada tranquila e traz boa expectativa. “Já fizemos todo nosso planejamento para 2019, isso está bem adiantado. Vejo que estamos em uma situação muito privilegiada. O Operário não tem nenhuma dívida, está tudo programado para o orçamento, e vamos programamos fechar o ano com superávit. Não podemos gastar mais do que recebemos, e o clube não fará isso enquanto eu for presidente”, finalizou.