Goleiros Jairo, Marcos e Caju. – Foto: Montagem/Arquivo

Você sabe quem vestiu por mais vezes a camisa do seu clube do coração? No caso do Trio de Ferro, os três jogadores mais frequentes nas escalações de Coritiba, Paraná e Athletico são justamente os goleiros, a posição mais ingrata do futebol. Acionados nos momentos mais críticos de uma partida, eles podem se tornar heróis ou carrascos dentro das quatro linhas.

Não é por acaso que, quando se estabelecem na meta, esses atletas geralmente vira ponto de referência e de segurança para a grande maioria dos elencos. A Banda B separou um histórico de três ídolos, Jairo, Marcos e Caju, jogadores que mais vezes defenderam as cores do Trio de Ferro. Confira:

Jairo (Coritiba – 410 jogos)

Jairo. (Divulgação/Coritiba)

Conhecido como a ‘Muralha de Ébano’ do Couto Pereira, Jairo do Nascimento nasceu em Joinville, no dia 23 de outubro de 1946. O ex-atleta é há 35 anos o jogador que mais vezes entrou em campo pelo Coritiba. O goleiro, que estreou em 1972, acumulou 410 partidas oficiais pelo clube e 152 jogos pelo Campeonato Brasileiro, sendo o segundo jogador que mais vestiu a camisa alviverde na competição nacional.

No currículo, Jairo possui seis campeonatos estaduais (1972,1973,1974, 1975, 1976 e 1986), além do Torneio do Povo, em 1973, e do título Brasileiro em 1985, quando foi o goleiro reserva de Rafael.

O ídolo coxa-branca morreu em 2019, em decorrência de um agressivo câncer nos rins.

Marcos (Paraná – 366 jogos)

(Felipe Dalke/Banda B)

Sebastião Marcos Barbosa Oliveira, ou apenas Marcos, nasceu no dia 21 de junho de 1976. O goleiro começou a carreira nas categorias de base do Paraná Clube e, em 1997, estreou profissionalmente com a camisa tricolor, diante do Londrina, pelo Campeonato Paranaense. Naquele ano, o Paraná seria pentacampeão estadual.

Marcos ficou na Vila Capanema até 2002, quando foi negociado com o futebol português, país em que jogou por onze anos. Em 2013, voltou ao clube como reserva de Luis Carlos, e encerrou a carreira com a campanha do acesso à Série A em 2017, com 41 anos, quando voltou à titularidade da meta Tricolor.

O goleiro, um dos maiores ídolos da história do Paraná, fez 366 jogos oficiais com a camisa tricolor e continua como o jogador que mais vezes entrou em campo pelo clube. Em 2018, virou diretor de futebol, função que exerceu até março de 2019.

Caju (Athletico – 620 jogos)

Athletico Paranaense – Site Oficial » Alfredo Gottardi, o CajuCaju, em jogo pela Seleção Brasileira – Foto: Arquivo/Athletico

Alfredo Gottardi, o Caju, dá nome ao Centro de Treinamento do Athletico, um dos mais modernos do país. Como jogador, o arqueiro é o jogador que mais vestiu a camisa de um único clube na história do futebol paranaense, com 620 jogos pelo Furacão. Foram quase vinte anos debaixo das traves do Joaquim Américo (de 1933 a 1949), onde conquistou os Paranaenses de 1934, 1936, 1940, 1943, 1945 e 1949.

Caju também jogou cinco partidas pela Seleção Brasileira em 1942, pela Copa América daquele ano. O time brasileiro terminou na terceira colocação.

Após se aposentar, ele foi também diretor e treinador do clube, em 1958. Era comumente visto nas arquibancadas do Joaquim Américo até a sua morte, em 2001, aos 85 anos.