Zagueiro Rafael Lima vestiu as cores do Paraná pela primeira vez contra o Guarani. (Rui Santos/Paraná Clube)

O Paraná Clube segue vivendo seu momento mais delicado na temporada de 2020. A derrota por 2×1 sofrida para o Guarani, na tarde desta terça-feira (24), na Vila Capanema, comprovou a fase ruim que vive o time paranista, que vê cada vez mais longe a chance de conquistar o acesso à primeira divisão. Estreante da tarde, o zagueiro Rafael Lima lamentou o gol sofrido nos acréscimos, mas acredita na retomada do bom momento do Tricolor na competição nacional.

“Criamos oportunidades, assim como eles tiveram também. No último lance do jogo ali eles tiveram a felicidades de fazer a jogada e tinha o atleta no meio da área para fazer o gol. Foi lamentável porque a gente lutou, brigou, quis vencer e tivemos chances de vencer. Só não podemos baixar a cabeça. Estamos em um momento complicado, esses jogos sem vencer, mas somente trabalhando que poderemos reverter essa situação”, apontou o camisa 3 em entrevista ao Sportv.

Depois de sair perdendo para o Guarani, o Paraná conseguiu o empate com o atacante Wandson e criou pelo menos duas boas chances de conseguir a virada. Na etapa final, o Guarani praticamente não atacou, mas aproveitou a falha coletiva da defesa do Tricolor para conquistar a vitória aos 49 minutos do segundo tempo.

Com a derrota, o Paraná caiu para a décima terceira posição, mas manteve a diferença de oito pontos para o G4 da Série B, já que Cuiabá e Juventude foram derrotados na rodada. O Tricolor vai buscar recuperação no duelo contra o Operário, nesta sexta-feira, às 19h15, em Ponta Grossa.