Karl, volante do Paraná Clube. (Divulgação/Paraná Clube)

Dos últimos 14 jogos o Paraná Clube conseguiu uma vitória. De postulante ao acesso, o time paranista é o 14° colocado e vai buscar reação na Série B do Campeonato Brasileiro diante do Vitória, nesta terça-feira (01), às 21h30, na Vila Capanema. Mais do que buscar a retomada da confiança, segundo o volante Karl, a vitória diante do rubro-negro baiano é fundamental para o Tricolor se afastar de vez de qualquer risco de rebaixamento na competição nacional.

“É fundamental a vitória amanhã. É um adversário direto contra a parte debaixo da classificação, mas sendo sucesso, eu ainda acredito no acesso. Nosso grupo é muito bom e tem totais condições de conseguir isso”, apontou Karl.

O Paraná Clube teve uma queda de rendimento na Série B do Campeonato Brasileiro. Tanto que há pouco tempo a diretoria optou pela troca no comando técnico. Saiu Allan Aal e chegou Rogério Micale. Mesmo assim, o time paranista não conseguiu reencontrar o caminho das vitórias na competição nacional.

“É difícil falar isso, não consigo entende. Chego em casa e falo com a minha esposa sobre isso. O sentimento é de tristeza igual do torcedor. A gente vem trabalhando, vem se doando. A gente trabalha muito forte, mas não consigo definir uma palavra para o que está acontecendo. O grupo é muito bom, a direção dá todo o suporte e é o detalhe. Temos que caprichar mais para sair dessa situação”, emendou Karl.

Karl ganhou espaço com o técnico Rogério Micale e deve ser titular diante do Vitória. O jogador, que é um dos mais experientes, garantiu que o Paraná vai fazer de tudo para conseguir sair com os três pontos e jogar para longe a fase ruim na competição nacional.

“A torcida pode esperar um time com muita vontade, aguerrido, que não vai deixar de lutar, que não vai ter bola perdida. Nesse momento em que estamos vivendo é ser homem, botar a cara, mostrar que realmente merece vestir a camisa do Paraná e que temos brigar na parte de cima e não debaixo da tabela”, concluiu o volante paranista.