Foto: Felipe Dalke/Banda B

Um dos destaques do elenco paranista nas últimas rodadas, o recém-chegado Vitinho já se mostrou adaptado à Vila Capanema. O meia, que marcou o gol de empate do Paraná contra o Oeste, na última rodada, lamentou os erros dos últimos dois jogos, em que o Tricolor empatou mesmo sendo superior aos adversários, e afirma que o elenco ‘aprendeu com os erros’. O Paraná volta a campo no sábado para a disputa do clássico Paratiba, na Vila Capanema.

“Merecíamos os três pontos contra a Ponte Preta e contra o Oeste, pois fomos superiores na maior parte dos noventa minutos. Mas futebol é assim mesmo. Estamos tentando corrigir os erros e o professor Matheus Costa está pontuando, individual e coletivamente, o que podemos melhorar para vencer o Coritiba no fim de semana”, revelou o atleta.

Tanto do lado coxa-branca quanto do paranista, o Paratiba 103 da história é considerado como um ‘divisor de águas’ nas campanhas de ambos os times. Vitinho concorda. “Sem dúvida. Se ganharmos a partida, a nossa moral sobe muito, justamente por ser um clássico. É o que aconteceu no primeiro turno, quando embalamos cinco vitórias seguidas”, afirmou.

‘Colocar a bola no chão’ e ‘ter paciência’ podem ser o diferencial paranista para o jogo de sábado, segundo o atleta. “Faltou isso em alguns momentos e sabemos disso. Com a tranquilidade e apoio da torcida, que é fundamental para o nosso trabalho, tenho certeza que a Vila estará lotada e vamos conseguir atingir nosso objetivo”, acrescentou Vitinho.