Tricolor emenda mais uma derrota e se complica na Série B. (Geraldo Bubniak/AGB)

Ampliando a sequência de sete derrotas consecutivas nove, o Paraná Clube perdeu mais uma partida na Vila Capanema nesta quarta-feira (9) para o Figueirense por 2 a 0. O placar foi construído em falhas da defesa paranista e resultou em uma diminuição da gordura para a não chegar a zona de rebaixamento, agora o Tricolor mantém seus 29 pontos, mas o Figueira se aproxima somando 28 pontos na 17ª posição. Paraná precisa se preocupar ainda com o jogo entre Náutico e Brasil de Pelotas, que podem deixar a equipe paranaense ainda mais complicada na tabela.

O próximo adversário paranista é contra o América Mineiro, que hoje está na 2ª posição, brigando pela liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. Tricolor viaja a Belo Horizonte, onde enfrenta o América as 18h30 do próximo sábado (12), no Mineirão, em jogo válido pela 28ª rodada.

O jogo

Paraná Clube entrou todo modificado pelas baixas da Covid-19 e o Figueirense marcava em linha alta trazendo dificuldades ao Tricolor. Aos 5 minutos de jogo, Philipe Maia se chocou com Luan e acabou sofrendo um corte no nariz, durante seis minutos a equipe paranista se segurou com um a menos dentro de campo até que o defensor voltasse.

A correria mostrava o toma-lá-dá-cá entre as equipes, Paraná tentava impor o ritmo de jogo, mas o Figueirense buscava mais os ataques e chegava com mais volume na área paranista. Andrey se mostrava voluntarioso e em um lance aos 20 minutos, lutou pela bola até o último instante e na batida prensada conseguiu um escanteio.

O estreante da noite, Andrew também buscava opções e conseguiu chegar após a bobeira da zaga, ele avançou a marcação, interceptou a bola e carregou sozinho até a entrada da área, mas faltou capricho e a no chute cruzado mandou para a linha de fundo. Mas a pressão não parou e no contra ataque engatado por Thiago Alves e na troca de passes entre Andrey e Vitinho, o camisa 9 apareceu, mas foi parado pelo goleiro Rodolfo.

Na segunda etapa, o Tricolor voltou o mesmo e o técnico Gilmar Dal Pozzo apostava na formação do 11 titular disponível para a partida. Nos minutos iniciais, o Paraná desperdiçou uma chance de bola parada com Vitinho, já o Figueirense também não aproveitou a chance com Bruno Michel.

Aos 21 minutos, o Figueirense conseguiu a primeira jogada de resultado no jogo com a falha da zaga paranista, na bola furada de Philipe Maia, Bruno Michel aproveitou e abriu o placar para os visitantes. Dez minutos depois o técnico Jorginho colocou um terceiro zagueiro na vaga do atacante autor do gol.

Em novo erro da zaga paranista, Guilherme bateu de sem pulo, matou o goleiro Renan e marcou o segundo gol da partida. O tricolor ensaiou uma reação, mas não conseguiu reverter o placar que terminou em 2 a 0 para o Figueirense.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ CLUBE 0X2 FIGUEIRENSE

Data: quarta-feira, 9 de dezembro

Local: Vila Capanema, em Curitiba

Horário: 19h15

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Assistentes: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)

Paraná: Renan; Paulo Henrique, Philipe Maia, Rafael Lima e Hurtado; Luan (Gabriel Pires), Karl, Vitinho (Guilherme Biteco) e Thiago Alves; Andrey e Andrew (Léo Castro)

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Figueirense: Rodolfo Castro; Everton Santos, Guilherme Thiago, Vitor Mendes e Renan Luís; Patrick, Nonato e Dudu (Guilherme); Bruno Michel (Alemão), Diego Gonçalves (Lucas Carvalho) e Alecsandro (Geovane Itinga).

Técnico: Jorginho

Cartões amarelos: Vitinho (PRC); Alecsandro, Dudu (FIG)

Gol: Bruno Michel e Guilherme