Tcheco e Matheus Costa estarão a frente do comando interino. (Felipe Dalke/Banda B)

O Paraná definiu que Tcheco será o auxiliar interino no período em que Matheus Costa estiver no comando da equipe na Série B. A parceria será repetida pela segunda vez na atual temporada e teve sucesso na única partida que trabalharam juntos: a goleada por 4 a 1 sobre o Brasil de Pelotas no dia 18 de julho.

Tcheco e Costa trabalharam juntos na única partida do Paraná entre a demissão de Cristian de Souza e a confirmação de Lisca no comando. “Ele [Tcheco] tem uma carreira espetacular como atleta e dá para aliar a teoria com a prática. É um casamento bom e ambos estão felizes com a oportunidade de trabalharmos juntos”, declarou o técnico interino.

Um dos responsáveis pela gestão do futebol paranista, o ex-jogador só não esteve no banco de reservas na semifinal da Primeira Liga porque não houve tempo hábil para a diretoria encontrar uma passagem de avião de Curitiba até Belo Horizonte. “Tcheco é um amigo pessoal, tem meu respeito e vai permanecer como auxiliar. Não deu tempo de acharmos uma passagem para ele em Belo Horizonte e enquanto ficar como interino, ele será meu auxiliar”, explicou.

Sob o comando de Matheus Costa, o Paraná enfrenta o Goiás na próxima quarta-feira (06) para seguir com o objetivo de entrar no G4 da Série B. Atualmente, o Tricolor é o quinto colocado, com 34 pontos e somente três de desvantagem para o Ceará. Porém, o time paranista não pode assumir a quarta posição na próxima rodada já que os cearenses têm duas vitórias a mais.