Por Pedro Melo com informações de Wellington Campos

Coritiba é confirmado como campeão estadual. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Campeonato Paranaense chegou ao final apenas nesta quinta-feira (11). O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu extinguir os processos movidos por Paraná e FC Cascavel para voltar o estadual nas quartas de final, fase em que teve uma grande confusão após o julgamento do ‘caso Getterson’.

Em entrevista à Banda B, o advogado do Coritiba, Itamar Côrtes, explicou que não existe mais nenhuma possibilidade de mudar o campeão deste ano. “Perdeu objeto e os clubes sequer mandaram advogados na sessão. A torcida do Coritiba pode ficar tranquila que o título conquistado domingo não tem mais chance de ser alterado. Os torcedores podem comemorar novamente. Pode até considerar bicampeão”, declarou.

Paraná e FC Cascavel entraram com uma medida cautelar para que o chaveamento das quartas da final fosse respeitado depois que o STJD puniu o JMalucelli com a perda de 16 anos e decidiu apenas colocar o Rio Branco para enfrentar o Londrina, sem mexer nos outros três confrontos.

Os clubes até tentaram a paralisação durante as quartas de final, mas todos os pedidos foram negados pelo próprio STJD. O Campeonato Paranaense terminou no último domingo com o título do Coritiba sobre o rival Atlético por 3 a 0 no placar agregado.