Claudinei deixou o comando do Tricolor (Geraldo Bubniak/Divulgação/Paraná)

Com nenhuma vitória em sua terceira passagem pelo clube o técnico Claudinei Oliveira aceitou uma proposta para assumir a Chapecoense e deixou o comando do Paraná. Em 11 partidas pelo Tricolor, o treinador não teve nenhuma vitória, empatou três partidas e perdeu outras oito, deixando o time com um aproveitamento de apenas 9%.

Recentemente, o comandante já havia deixado em aberto a permanência e disse que toparia propostas de trabalho a longo prazo. A decisão pela saída foi em comum acordo com a diretoria paranista. “É uma decisão já pensando no futuro. A diretoria entendeu a situação e me liberou. Agradeço ao presidente Leonardo de Oliveira e ao gerente Marcos Oliveira por todo o empenho que tiveram nesta minha nova passagem pelo Paraná”, afirmou Claudinei ao site oficial do clube.

Junto de Claudinei Oliveira, o auxiliar-técnico Luciano Gusso também deixou o Paraná Clube para trabalhar na Chapecoense. Um novo nome deve ser definido nos próximos dias, já com o planejamento focado na temporada de 2019.

O Tricolor é o lanterna do Campeonato Brasileiro e tem apenas 1% de chance de permanência na Série A. Com 17 pontos, o time não vence há 15 jogos na competição. Na próxima rodada, o Paraná enfrenta o Flamengo, no domingo (21), às 19h, na Vila Capanema, em duelo válido pela 30ª rodada.