Dado Cavalcanti já tem a missão de iniciar o planejamento de 2019. (Geraldo Bubniak/AGB)

Em situação praticamente irreversível na Série A, o Paraná quer usar as oito rodadas restantes para começar o planejamento da temporada de 2019. Um exemplo disso foi a entrada do jovem meia Jean Lucas na partida contra o Flamengo. Ele foi contratado após o estadual do ano passado e realizou somente agora sua primeira partida com a camisa paranista.

“É uma condição específica do momento. Neste momento eu tenho duas funções paralelas que serão feitas e vou tomar cuidado para não misturá-las. Uma delas é a prospecção de 2019. Sabemos que a nossa condição é ruim. Não posso comprometer resultados de jogos, mas tem coisas que já vão acontecer visando o ano seguinte”, afirmou o técnico Dado Cavalcanti.

Mesmo com o planejamento em andamento, o treinador não esquecer a reta final do Campeonato Brasileiro. “É importante deixar claro que é só dentro do elenco. Primeiro de tudo temos que arrumar a casa, ver quem vai servir e quem não vai. Mas não podemos esquecer os oito jogos. São duas condições diferentes, feitas paralelamente, mas os dois jogadores que entraram hoje fazem parte disso”, disse.

O Paraná é o lanterna do Brasileirão, com 17 pontos, e completou 16 jogos sem vencer na competição após a goleada sofrida para o Flamengo por 4 a 0. A próxima partida será contra o Cruzeiro, no sábado (27), às 21h, em Belo Horizonte.

Assista à entrevista do técnico Dado Cavalcanti

Coletiva do técnico Dado Cavalcanti após a derrota para o Flamengo

Posted by Esporte Banda B on Sunday, October 21, 2018