1. Zagueiro Rafael Lima. (Geraldo Bubiniak/AGB)

O revés sofrido para o Figueirense por 2×0, na noite desta quarta-feira (9), na Vila Capanema e deixou o time paranista a um ponto da zona de rebaixamento. O zagueiro Rafael Lima desabafou após o jogo e afirmou que a responsabilidade dessa fase ruim do Tricolor é somente dos jogadores.

“A culpa é só nossa. Não adianta trocar de treinador. A responsabilidade é nossa. Erramos hoje (ontem) de novo, tivemos chances de fazer gol e não fizemos. Precisamos realmente botar a cabeça no lugar o mais rápido possível, assumir a responsabilidade. Somos todos homens. Não tem moleque aqui. Essa camisa é muito pesada e não merece estar passando por isso. Temos que mudar esse estágio o mais rápido possível, conquistar os resultados, senão fatalmente vamos envergonhar essa instituição que tem tanta história”, desabafou o defensor em entrevista à SPORTV.

Além da fase ruim, o Paraná tem perdido muitos atletas por conta da Covid-19. Para o duelo contra o Figueirense, mais quatro jogadores testaram positivo e já são dez atletas afastados neste momento por esse motivo. Pela frente, o Tricolor terá o vice-líder América-MG, neste sábado, fora de casa e o zagueiro Rafael Lima pregou erro zero a partir de agora para que o time paranista saia dessa situação e se afaste da zona de rebaixamento.

“No momento que a gente vive, todos os jogos são muito difíceis. Todos nossos jogos terão que ser erro zero. Estamos cometendo erros bobos. Erros que fatalmente estão culminando com derrotas. O América-MG tem uma grande qualidade. Independentemente de ser o primeiro ou o último, pela maneira que a gente vem jogando, se a gente não melhorar o mais rápido possível, facilmente vamos ser batidos por qualquer equipe”, finalizou.

Com a sétima derrota seguida, o Paraná permaneceu com 29 pontos, na décima sexta posição, só que agora somente com um ponto na frente do Figueirense. O Náutico, que tem 25, pode também se aproximar se conseguir vencer o Brasil de Pelotas nesta quinta-feira, em Recife.