Paulo Henrique - ParanáPaulo Henrique marcou o primeiro gol com a camisa do Paraná. (Geraldo Bubniak/AGB)

O lateral-direito Paulo Henrique vive o melhor momento da carreira com a camisa do Paraná. Para coroar as boas atuações, o camisa 2 marcou pela primeira vez pelo Tricolor na goleada por 4 a 0 sobre o Oeste, na última segunda-feira (26).

“É um momento inexplicável marcar um gol com a camisa do Paraná. Da forma que foi ainda, foi muito emocionante. A gente sempre martela na cabeça e imagina muitas coisas. Estou muito feliz pelo gol e pela partida”, declarou o lateral-direito.

Paulo Henrique avaliou o ano de maneira positivo, mas ressaltou que ainda tem “muitas a coisas a alcançar”. “Mesmo em meio a pandemia, eu estou muito grato pelo campeonato que estou fazendo e a renovação de contrato. É um ano positivo, de várias conquistas. Eu avalio como um ano muito positivo, mas ainda temos muitas coisas a alcançar”, falou.

Próxima rodada

Com Paulo Henrique de titular, o Paraná disputa a última partida do primeiro turno da Série B contra o Cruzeiro, nesta sexta-feira (30), às 21h30, no Mineirão. Se ganhar fora de casa e o Juventude tropeçar no Guarani, o Tricolor volta ao G4.

Para o lateral-direito, terminar o turno no G4 seria um “prêmio muito valoroso” pelo trabalho realizado até o momento. “A equipe vem batalhando bastante e se entregando muito, tanto os jogadores como a comissão técnica. Seria um prêmio muito valoroso para nós terminar o primeiro turno no G4”, disse.

Porém, Paulo Henrique admite que a partida contra o Cruzeiro será complicada para o Tricolor. “O Cruzeiro é um grande clube, com muita história e muita camisa. Temos que explorar os pontos negativos da equipe deles e saber onde trabalhar. A mudança de treinador não sei se faz muita diferença, mas agora tem um treinador que é campeão do mundo. Temos que saber nos portar dentro de campo e jogar o jogo”, afirmou.