Paraná Clube Paraná começa no segundo turno na briga pelo acesso para a Série A. (Rui Santos/Paraná Clube)

O Paraná terminou o turno da Série B do Campeonato Brasileiro na oitava colocação, com 28 pontos, três a menos que o Juventude, que atualmente fecha o G4. Para o returno, o Tricolor precisa de mais 36 pontos para alcançar o número mágico de 64 para o acesso. O cálculo é do matemático Tristão Garcia, do site Infobola.

“O número que garante sem nenhuma discussão é 64 pontos, mas pode entrar com pouco menos. O Paraná tem muitos adversários por essa vaga e 12% de chance. Precisa melhorar no returno e fazer mais do que fez”, explicou o matemático, em entrevista à Banda B.

Pelas contas, o Paraná precisa, no mínimo, repetir a campanha do vice-líder Cuiabá até o momento para garantir o acesso sem depender de nenhum adversário. Dos 57 pontos a serem disputados, o Tricolor precisa ganhar 36, ou seja, aproveitamento de cerca de 63%. No primeiro turno, a equipe paranista teve 49,1%.

De acordo com o departamento de matemática da Universidade Federal de Minais Gerais (UFMG), o Paraná segue na briga também pelo título da Série B. Porém, a chance é de somente 0,65%. Em contrapartida, o Tricolor tem 2,9% de possibilidade de cair para a terceira divisão. Neste momento, a vantagem para o Náutico, primeiro time na zona de rebaixamento, é de 11 pontos.

Sob o comando de Rogério Micale, o Paraná inicia o returno contra o Confiança, nesta sexta-feira (06), às 21h30, na Vila Capanema. No primeiro turno, o Tricolor vencia o jogo por 2 a 0, em Aracaju, mas sofreu o gol de empate nos acréscimos do segundo tempo.