(Divulgação/Paraná Clube)

O Paraná Clube pode ter mudanças para buscar a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro diante do Avaí, nesta terça-feira (11), às 20h30, na Vila Capanema. O Tricolor pode ter até quatro alterações na equipe para o confronto contra a equipe catarinense e que vai marcar também a primeira partida em casa do time paranista na segunda divisão deste ano.

O Paraná encerrou sua preparação para encarar o Avaí na tarde desta segunda-feira (10), em treinamento tático realizado no CT Ninho da Gralha. Os testes para Covid-19 foram realizados ainda em Aracaju e os resultados devem ser divulgados até a noite desta segunda-feira, 24 horas antes da partida.

Na lateral-direita, o técnico Allan Aal espera contar mais uma vez com Paulo Henrique. O jogador, apesar de já ter contraído a doença, testou positivo para Covid-19 na véspera do empate em 2×2 diante do Confiança, em Aracaju, na última sexta-feira, e ficou de fora do time. Assim, se tiver condições, Paulo Henrique deve entrar na vaga de Toninho.

No meio de campo, o técnico Allan Aal terá à disposição o volante Higor Meirtão, último reforço contratado pelo Paraná Clube, poderá estrear pelo Tricolor e disputará posição com os volantes Carlos Dias e Jhony Douglas. No setor de criação, o meia Renan Bressan deve ser mantido.

O ataque do Paraná pode ter até duas alterações. O meia-atacante Gabriel Pires não teve um bom rendimento contra o Confiança e pode dar lugar a Wandson ou Thiago Alves. O atacante Raphael Alemão também deixou a desejar diante da equipe sergipana e pode dar lugar para Bruno Gomes, que entrou no decorrer do duelo da última sexta-feira.

Assim, o provável Paraná para encarar o Avaí deve ter: Alisson; Paulo Henrique (Toninho), Thales, Fabrício e Jean Victor; Jhony Douglas (Higor Meritão), Carlos Dias e Renan Bressan; Gabriel Pires (Wandson ou Thiago Alves); Gustavo Mosquito e Raphael Alemão (Bruno Gomes).