Dado Cavalcanti, técnico do Paraná Clube. (Felipe Dalke/Banda B)

Praticamente rebaixado para a Série B, o Paraná pode ter a queda selada já na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. Faltando 21 pontos a serem disputados, uma derrota para o Vitória, no próximo domingo (04), às 17h, mais vitórias de dois dos três concorrentes – América-MG, Chapecoense e Ceará, que encaram Cruzeiro, Bahia e Sport, respectivamente – tiram qualquer possibilidade de permanência na primeira divisão.

Do outro lado, uma vitória na próxima rodada mantém a esperança de evitar o rebaixamento e ainda encerra o jejum de 17 partidas sem ganhar no Campeonato Brasileiro. Porém, de acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, a chance de queda do Tricolor é de 99%.

Em caso de sobrevivência, a queda pode vir no confronto direto contra o América-MG, no dia 10 de novembro, às 19h, na Arena Independência. Se ainda continuar vivo na disputa até a próxima partida em casa, a queda pode acontecer diante da torcida na partida contra o Atlético-MG, no dia 14 de novembro, às 21h, na Vila Capanema.

“Vou pensar jogo a jogo. A nossa classificação não vai mudar. Com respeito à nossa camisa, vamos entrar em campo para fazer o nosso melhor para, quem sabe, conseguir a vitória. A minha busca é essa”, declarou o técnico Dado Cavalcanti, após a derrota para o Cruzeiro.