CAMPINAS,SP,25.05.2019:PONTE-PRETA-PARANÁ – Lance durante a partida entre Ponte Preta SP e Paraná PR, válida pela Série B do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), neste sábado (25). (Foto: Wagner Souza/Futura Press/Folhapress)

Apesar de jogar melhor durante quase todos os noventa minutos, o Paraná Clube perdeu fora de casa na tarde deste sábado (25), para a Ponte Preta, por 4×2 em um jogo de duas viradas. Com o resultado, a equipe continua com seis pontos e se afastou do G4 da competição, na décima segunda colocação.

Apesar de dominar quase que a totalidade da primeira etapa da partida, o Paraná acabou saindo atrás no placar ao tomar um gol em um escanteio aos vinte e dois minutos. O gol da Ponte fez com que a equipe paranista adiantasse a marcação, empurrando a Macaca para o campo de defesa. Ainda na primeira etapa, em dois minutos, João Pedro virou a partida. Mas nos quarenta e cinco minutos finais o Tricolor deu muitos espaços para o time mandante, que virou novamente a partida e conquistou os três pontos em casa. Nos acréscimos, o meia Marquinhos ainda teve tempo para aumentar a vantagem e sacramentar a vitória por 4×2.

No próximo sábado (1), às 11h da manhã, o Tricolor enfrenta o Oeste, na Vila Capanema, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O jogo

A partida se mostrou muito aberta durante os noventa minutos. Logo aos nove minutos, o Paraná Clube quase abriu o placar no Moisés Lucarelli. Após escanteio, o zagueiro Rodolfo aproveita e exige boa defesa do goleiro Ivan.

Aos vinte e dois minutos, após domínio paranista, a Ponte Preta abriu o placar em um escanteio. Edson subiu mais que a zaga e venceu Thiago Rodrigues. 1×0. O gol fez com que a Macaca saísse mais para o jogo, exigindo boas defesas do goleiro tricolor.

Mas, aos 35 minutos, o talento de João Pedro apareceu, em sua terceira partida após o retorno à Vila Capanema. Aproveitando cruzamento da esquerda, o meia bateu rasteiro e sem chances para Ivan. 1×1 em Campinas. O bom momento fez com que na jogada seguinte, de Mateus Anjos, João Pedro acertasse um belo chute, virando o jogo para o Paraná.

Na segunda etapa, o Paraná continuou melhor, mas dava muitos espaços para o time da casa. Novamente aos 22 minutos, mas agora da etapa final, após bola rebatida na área, a estrela do artilheiro Roger surgiu e o goleador fuzilou Thiago Rodrigues, empatando o jogo.

Cinco minutos depois, a virada da Ponte. Aos vinte e sete, Abner recebe bola no meio de campo e acerta um belo chute, marcando o terceiro gol da Ponte na partida. Nos acréscimos, Marquinhos aumentou a vantagem do alvinegro em 4×2.

Com o resultado, a equipe paulista chegou aos oito pontos, alcançando a sétima colocação.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 4X2 PARANÁ

Local: Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Data: Sábado, 25 de maio de 2019.
Horário: 16h30.
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN).
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Flavio Gomes Barroca (RN).
Público e renda: 0 pagantes | 0 total | R$ 0.

Ponte Preta: Ivan; Matheus Alexandre, Airton, Renan Fonseca e Abner; Edson, Camilo (Rafael Longuine), Gerson Magrão e Matheus Vargas (Dadá); Marcondele e Roger.
Técnico: Jorginho.

Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui (Caio Rangel) e Matheus Anjos; João Pedro, Ramon (Alesson) e Jenison.
Técnico: Matheus Costa.

Gols: Edson aos 22 do primeiro tempo, Roger aos 22 , Abner aos 27  e Marquinhos aos 45 do segundo tempo (Ponte Preta); João Pedro aos 35 e 37 minutos da primeira etapa (Paraná Clube)

Cartões amarelos: Roger (Ponte Preta) e Eder Sciola (Paraná Clube)

Cartões vermelhos: