Tricolor treinou nesta manhã no CT ninho da Gralha. (Divulgação/Paraná Clube)

Paraná Clube voltou de recife no sábado e realizou na manhã deste domingo (10) o primeiro treino antes de enfrentar a equipe do CSA. Com retornos importantes no elenco, o técnico Márcio Coelho espera poder imprimir uma nova postura do Tricolor em campo e encerrar o jejum de vitórias que já dura quatro partidas.

O lateral Paulo Henrique, os volantes Karl e Kaio, além do zagueiro Rafael Lima já participaram da atividade e estão à disposição do time paranista para o próximo confronto, todos retornaram de suspensão automática após levarem o terceiro cartão amarelo. Já o volante Luan se recupera de lesão e ainda é dúvida.

Técnico do Tricolor vai promover mudanças no onze titular para o jogo de terça, começando pela entrada de Paulo Henrique na lateral e, consequentemente, o atacante Andrew volta ao ataque paranista. Mal na partida, Philipe Maia deverá deixar a zaga para a entrada de Rafael Lima, que fará dupla com Fabrício.

A dúvida é quem deve sair para a entrada do meia Karl, Thiago Alves ou Gabriel Pires são as prováveis escolhas de Márcio Coelho. O treinador ainda precisa lidar com a inoperância do ataque paranista, que desde o dia 24 de novembro não marca um gol. Na derrota por 2 a 1 para o Náutico, o único tento do Paraná foi feito por Hurtado, em cobrança de falta de Renan Bressan.

“Renan é um atleta muito rodado, um cara que em poucos dias a gente já vê o comprometimento. É um cara que é um líder, naturalmente é cobrado mais e acaba se cobrando muito. De fato, é saber conversar com ele e saber da importância que ele tem, mas para que ele carregue só o peso que ele tem que carregar e nada mais”, afirmou Coelho em coletiva de imprensa após a partida.

A partida contra o CSA será na terça-feira (12), às 19h15, na Vila Capanema, pela 34ª rodada da Série B do Brasileiro. “A gente precisa competir contra o CSA e ganhar esse jogo, que é fundamental, recuperar a confiança em casa para se colocar de novo no campeonato. A gente precisa desta vitória para pressionar as equipes que também estão ali na nossa frente na tabela”, concluiu o treinador.