Jhonny Lucas foi vendido para clube belga (Geraldo Bubniak/AGB)

A novela Jhonny Lucas finalmente chegou ao fim no Paraná. O martelo foi batido nesta quarta-feira (14) e o clube acertou a venda de 90% dos direitos econômicos do jogador de 19 anos para o Sint-Truidense, da Bélgica. A informação foi publicada pelo GloboEsporte.com e confirmada pela Banda B.

O negócio foi fechado com o pagamento em duas parcelas, uma já nesta mês e outra em janeiro de 2020. Embora os valores não tenham sido informados, o acordo gira em torno de 2,3 milhões de euros (R$ 10,3 milhões), com a permanência de 10% dos direitos com o Tricolor para futuras vendas. A transação é a maior da história do clube.

A negociação de Jhonny Lucas tem grande importância para os caixas do clube, que tinha na venda do atleta a esperança de um desafogo financeiro. Além disso, 20% do valor recebido pelo Paraná Clube irá para o Ato Trabalhista, acordo para quitar as dívidas trabalhistas do clube.

A expectativa da venda fez com que o volante pouco atuasse nesta temporada. Jhonny apareceu apenas quatro vezes em 2019, sendo duas pelo estadual e duas pela Série B. A despedida foi na vitória contra o Brasil de Pelotas, por 1 a 0, no dia 18 de julho, quando o prata da casa entrou nos minutos finais de partida.