Paraná foi goleado pelo Fluminense (Wesley Santos/Estadão Conteúdo)

Em uma noite para ser esquecida, o Paraná foi goleado pelo Fluminense, por 4 a 0, nesta segunda-feira (08), no Maracanã, e completou 14 jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time segue estacionado nos 17 pontos e na lanterna da competição.

Sem dar nenhum chute no gol, o Tricolor apenas criou três chances, todas elas sem forçar o goleiro Júlio César a sujar o uniforme. Em contrapartida, a fragilidade do sistema defensivo oportunizou ao adversário a construção de uma vitória tranquila, com gols de Jadson (duas vezes), Richard e Luciano.

O Paraná volta a campo no próximo sábado (13), às 21h, diante do Bahia, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, em compromisso válido pela 29ª rodada da Série A do Brasileirão.

O jogo

Em um primeiro tempo sonolento, apenas o Fluminense criou situações diante de um adversário apático. O Paraná só tentou oferecer riscos nos primeiros minutos em chute de Deivid, que tentou pegar o goleiro Júlio César de surpresa e mandou por cima.

O Flu demorou para encaixar no setor ofensivo e levar perigo. Mas, quando conseguiu, não encontrou dificuldades para abrir vantagem no duelo. Aos 35 minutos, em brecha da defesa paranista, o volante Jadson aproveitou para bater colocado e inaugurar o placar. Pouco depois, aos 40, Richard chutou de longe, a bola desviou em Renê Santos e matou o goleiro do Paraná, xará do meio-campista, que nada conseguiu fazer para evitar o segundo gol dos mandantes.

A equipe carioca ainda teve duas oportunidades para aumentar o placar ainda no primeiro tempo, mas o goleiro Richard apareceu para salvar o Tricolor. Já nos minutos finais, Luciano e Digão subiram livres no meio da defesa para cabecear e o arqueiro fez belas defesas para evitar o terceiro gol.

A tranquilidade do Fluminense no placar aumentou no começo da etapa final. Logo aos dois minutos, Digão roubou a bola de Deivid no meio-campo e acionou Everaldo. O atacante avançou pela esquerda e cruzou para Jadson completar e marcar o terceiro gol.

Com dificuldades para construir jogadas ofensivas, o Paraná tentou minimizar o prejuízo com dois chutes de fora da área, mas Silvinho e Alex Santana mandaram pela linha de fundo e não deram trabalho para Júlio César.

Melhor para o time da casa que, sem levar sustos, aproveitou para fechar a goleada na reta final. Aos 40 minutos, a bola foi levantada pelo lado esquerdo para Luciano, que girou e bateu forte, sem chances para o goleiro Richard, fechando o placar no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 4X0 PARANÁ

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).
Data: Segunda-feira, 08 de outubro de 2018.
Horário: 20h.
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP).
Assistentes: Anderson José Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP).
Público e renda: 6.223 pagantes | 6.715 total | R$ 128.405,00

Fluminense: Júlio César; Léo, Ibañez (Paulo Ricardo), Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson e Marcos Júnior (Danielzinho); Everaldo (Marcos Calazans) e Luciano.
Técnico: Marcelo Oliveira.

Paraná: Richard; Leandro Vilela, Renê Santos, Jesiel e Mansur; Torito González (Jhony), Alex Santana, Deivid (Andrey) e Juninho (Caio Henrique); Silvinho e Ortigoza.
Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: Jadson aos 35′ e Richard aos 40′ do primeiro tempo; Jadson aos 2′ e Luciano (FLU) 40′ do segundo tempo.
Cartão amarelo: Léo (FLU); Mansur e Jhony (PRC).