Paraná perdeu de virada na Ilha do Retiro (Anderson Stevens/Sport)

O Paraná teve uma noite pouco produtiva, chegou a estar na frente, mas foi superado pelo Sport, de virada, por 2 a 1, nesta quarta-feira (23), na Ilha do Retiro, pela 31ª rodada da Série B. Com o segundo revés consecutivo, o time paranaense estacionou nos 44 pontos e perdeu a chance de encostar no G4 da competição.

Agora, o Tricolor terá que buscar o reencontro com as vitórias na próxima segunda-feira (28), às 20h, contra o Londrina, na Vila Capanema, para seguir sonhando com o acesso à elite do Campeonato Brasileiro.

O jogo

O Paraná inovou na formação e entrou em campo com três zagueiros, na tentativa de conter o ímpeto do time da casa. Mas o Sport foi superior e criou não só boas chances, como praticamente todas da primeira etapa. Mesmo diante de um sistema defensivo bem postado, o Leão não se intimidou e exigiu trabalho do goleiro Thiago Rodrigues, sempre em bolas alçadas na área.

Aos quatro minutos, Hernane teve a primeira oportunidade e o camisa 1 espalmou. Guilherme e Willian Farias tentaram pelo chão, mas não levaram perigo. Novamente pelo alto, aos 29, Hyuri cabeceou e Thiago salvou novamente. Aos 43, Leandrinho venceu o arqueiro paranista, mas esbarrou na trave esquerda. Acuado, o Tricolor chegou apenas duas vezes, com Leandro Almeida e Jhemerson, mas não assustou o goleiro Luan Polli.

A forte pressão dos mandantes seguiu no segundo tempo e Thiago Rodrigues seguiu tendo trabalho. No duelo com Leandrinho, o goleiro levou a melhor e fez duas boas defesas. Melhor para o Paraná, que conseguiu êxito na estratégia de jogar por uma bola.

O técnico Matheus Costa promoveu o retorno do meia Matheus Anjos, que voltou ao time após três meses sem atuar. E na primeira jogada dele, aos 28 minutos, cobrou escanteio na área e encontrou o estreante Fabrício, que cabeceou no fundo das redes e marcar o primeiro.

O gol do Paraná acendeu a luz de alerta no time da casa, que precisou correr atrás do prejuízo. E não demorou para que o empate saísse. Aos 35, o artilheiro Hernane recebeu na intermediária, ganhou de Sciola e soltou a bomba, de fora da área, no ângulo de Thiago Rodrigues.

Após o empate, o Tricolor ainda teve duas chances com Alesson, que desperdiçou. Mas, em um lance parecido com o seu gol, o Sport chegou ao gol da vitória. Aos 42, Hernane bateu forte de longe, o goleiro espalmou e a defesa não acompanhou Guilherme, que entrou livre para aproveitar o rebote e marcar a virada do vice-líder da Série B.

FICHA TÉCNICA
SPORT 2X1 PARANÁ

Local: Ilha do Retiro, no Recife (PE).
Data: Quarta-feira, 23 de outubro de 2019.
Horário: 19h15.
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES).
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Katiuscia Berger Mendonça (ES).
Público e renda: 14.719 total | R$ 294.216,00.

Sport: Luan Polli; Norberto (Elton), Rafael Thyere (Cleberson), Adryelson e Sander; Willian Farias, Charles, Leandrinho (Pedro Carmona); Hyuri, Guilherme e Hernane.
Técnico: Guto Ferreira.

Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Leandro Almeida (Léo Príncipe), Fabrício e Guilherme Santos; Fernando Neto, Jhemerson (Luiz Otávio) e Alesson; Jenison (Matheus Costa) e Judivan.
Técnico: Matheus Costa.

Gols: Fabrício (PRC) aos 28′, Hernane (SPO) aos 35′ e Guilherme (SPO) aos 42′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Guilherme (SPO); Léo Príncipe, Leandro Almeida, Fabrício e Rafael Furtado (PRC).