Lance durante a partida entre Chapecoense e Paraná, válida pelo Campeonato Brasileiro da Série B, na Arena Condá, em Chapecó (SC). (TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

Paraná Clube se complicou na Série B do Campeonato Brasileiro após perder para a Chapecoense por 2 a 0, nesta segunda-feira (28), em rodada válida pela 31ª rodada da competição. Com o resultado o Tricolor se complica, fica com 32 pontos na 18ª colocação, e precisa vencer quatro jogos e empatar um nas próximas sete rodadas para permanecer na Série B.

O time paranista agora entra em uma pequena folga e depois os jogadores voltam para se preparar para o jogo com o Botafogo de Ribeirão Preto, às 17h, na Vila Capanema, no dia 4 de janeiro pela 32ª rodada da segunda divisão do Brasileiro.

O jogo

Paraná Clube começou tentando propor o ritmo de jogo, apesar da marcação fechada da Chapecoense. No segundo minuto de partida, Andrey encontrou espaço pela direita com Andrey, mas no cruzamento a zaga interceptou a jogada. Tricolor passou a explorar a lateral direita e chegou duas vezes.

Mas aos 8 minutos, Paulinho Mocelin chutou do meio da rua, Philipe Maia se choca com o goleiro Alisson e a bola entra. Mas a arbitragem pega uma irregularidade e anula o gol da Chapecoense. Só que seis minutos depois, o mesmo Paulinho Mocelin fez o cruzamento da esquerda, mandou para o meio da área e Anderson Leite chegou para abrir o placar.

Aos 36 minutos, na falha defensiva do Paraná Clube pelo lado esquerdo, a equipe da Chapecoense recuperou a bola, no lançamento Ailon recebeu dentro da área e chutou, o goleiro Alisson defendeu, mas no rebote Mike concluiu para o gol e ampliou o placar

No segundo tempo o técnico Gilmar Dal Pozzo alterou a composição do Paraná com Bruno Gomes e Gabriel Pires. Aos 6 minutos Karl trouxe perigo para a Chape com um chute de fora da área, a bola ia em direção ao gol, mas foi desviada no meio do caminho. A pressão do Tricolor continuou com a cobrança de mais dois escanteios em seguida, mas que não foram convertidos em gol.

Aos 11 minutos, Andrey engatou uma trama perto da grande área, invadiu ela e passou por dois marcadores. Ele deixou a bola para Bressan que bateu forte, mas a bola acabou parando em boa defesa do goleiro João Ricardo. Aos 23 Andrey teve mais uma oportunidade, só que pegou embaixo da bola e isolou.

Um pouco melhor na partida o Paraná Clube não conseguiu furar a defesa da Chapecoense e parou também no goleiro da equipe catarinense. O nervosismo pela derrota acabou atingindo os jogadores do Tricolor e Kaio e Fabrício levam o cartão amarelo na partida. Sem poder de reação, a equipe paranista acabou derrotada na Arena Condá em sua última partida de 2020.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 2X0 PARANÁ CLUBE
Data: Segunda-feira, 27 de dezembro
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Horário: 20h

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Chapecoense: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Derlan, Felipe Santana e Busanello (Roberto); Willian e Anderson Leite (Vini Locatelli); Aylon (Denner), Mike (Bruno Silva), Paulinho Moccelin (Felipe Garcia) e Ramon.
Técnico: Humberto Lozer

Paraná Clube: Alisson; Paulo Henrique, Rafael Lima, Fabrício e Jean Victor; Philipe Maia (Gabriel Pires), Karl, Higor Meritão (Kaio); Wandson (Bruno Gomes), Andrey (Thiago Alves) e Bressan (Guilherme Biteco)
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Gols: Anderson Leite e Mike (CHA)
Cartões amarelos: Kaio e Fabrício (PRC)
Cartão vermelho: Kaio (PRC)