Paraná ficou no empate com o Vitória na Vila (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

Depois de 105 dias, o Paraná esteve muito próximo de encerrar o jejum de vitórias, mas cedeu o empate ao Vitória, em 1 a 1, na tarde deste domingo (04), na Vila Capanema, e ampliou para 18 o número de jogos sem vencer na competição. Com o resultado, o time paranaense evita o vexame da pior campanha da história ao somar 18 pontos, mas ainda pode ser rebaixado nesta rodada.

Em uma tarde inspirada de Alex Santana, que carimbou o travessão no primeiro tempo e colocou os mandantes na frente na etapa final, o Tricolor tinha tudo para finalmente voltar a vencer na competição. Mas, para frustrar o desejo dos pouco mais de mil torcedores que compareceram ao Durival de Britto, o time levou um banho de água fria na reta final de partida e ficou apenas no empate com o Rubro-Negro baiano.

Agora, o Paraná Clube seca Chapecoense e Sport, que ainda jogam na rodada, para evitar o rebaixamento com seis jogos de antecedência no Brasileirão.

O jogo

Quando o Paraná chegou logo no primeiro minuto, com Alex Santana carimbando o travessão após tabela de Jhonny Lucas e Juninho, dava a impressão de que seria um primeiro tempo movimentado e com grandes chances. Mas a expectativa não levou à realidade. Depois disso, o que se viu nos minutos seguintes foi um jogo amarrado, com poucas oportunidades para os dois times. Quem chegou mais foi o Tricolor, que teve espaço novamente na trinca Juninho, Jhonny e Alex Santana. Mas, desta vez, Aderllan estava no meio do caminho para evitar o gol.

O Tricolor seguiu superior no início da segunda etapa e viu mais uma vez nos pés de Alex Santana a esperança de voltar a vencer. Aos 14 minutos, em boa jogada de Andrey, o camisa 8 recebeu na área e bateu na saída do goleiro Ronaldo para abrir o placar e colocar o time da casa na frente.

Depois do gol, o ritmo voltou a cair e o Paraná pouco produziu para buscar o segundo gol e ter conforto. Melhor para o Vitória, que frustrou mais uma vez o desejo paranista de somar três pontos. Aos 38 minutos, a bola foi cruzada na área e Léo Ceará, de cabeça, marcou o gol de empate, dando números finais ao jogo e fazendo com que a equipe paranaense possa ser rebaixada já nesta 32ª rodada.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1X1 VITÓRIA

Local: Vila Capanema.
Data: Domingo, 04 de novembro de 2018.
Horário: 17h.
Árbitro: Raphael Claus (SP).
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP).
Público e renda: 931 pagantes | 1.328 total | R$ 15.030,00

Paraná: Richard; Wesley Dias, Renê Santos (Mansur), Jesiel e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana e Jhonny Lucas (Alesson); Juninho (Silvinho), Andrey e Rafael Grampola.
Técnico: Dado Cavalcanti.

Vitória: Ronaldo; Ramon, Aderllan, Ruan Renato (Yago) e Marcelo Benítez; Léo Gomes, Arouca e Rodrigo Andrade (Neílton); Lucas Fernandes, Erick (Maurício) e Léo Ceará.
Técnico: Paulo César Carpegiani.

Gol: Alex Santana (PRC) aos 13′ e Léo Ceará (VIT) aos 38′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Leandro Vilela, Igor e Alesson (PRC); Marcelo Benítez, Aderllan, Ruan Renato e Arouca (VIT).