Matheus Costa. (Geraldo Bubniak/AGB)

O fator físico pode ser preponderante para o duelo do Paraná com o América-MG, na próxima terça-feira (05), em Belo Horizonte. Com oito dias de preparação para a partida, o técnico Matheus Costa comemorou a semana cheia e quer tirar vantagem do desgaste do adversário, que terá pouco tempo de recuperação do jogo deste sábado (02), contra a Ponte Preta, até o compromisso da próxima semana.

“Temos que ser inteligentes e saber conduzir o jogo. Temos mais de uma semana de preparação, que é muito raro na Série B, enquanto o América-MG está pensando na Ponte Preta. Por ser sábado à noite, diminui ainda mais o tempo de recuperação. Estamos pensando neste jogo e fazendo o nosso trabalho em prol disso”, afirmou o treinador em entrevista coletiva.

Mesmo jogando em casa neste fim de semana, sem se preocupar com o desgaste de viagem, o América-MG terá somente dois dias para se preparar para encarar o Paraná. “Eles terão dois dias para se recuperar, preparar e concentrar para a partida. Temos que utilizar essa vantagem de dias ao nosso favor. É se preparar desde já, alimentar os atletas de informação e usar os fatores ao nosso favor para conquistar um bom resultado em Belo Horizonte”, comentou.

Se tratando de um adversário que também concorre ao G4, Matheus Costa trata o compromisso diante do América-MG como uma decisão. “É de grande importância. Acredito que a palavra ‘final’ para nós nunca foi tão específica quanto neste jogo. É uma das melhores equipes do segundo turno, vencê-los em Belo Horizonte nos dá confiança para os cinco jogos restantes da competição. Nos coloca próximos dos quatro primeiros colocados e temos jogos em casa. Estamos concentrados e nos preparando muito para esta partida”, finalizou.

Confira a entrevista coletiva do técnico Matheus Costa:

Coletiva do técnico Matheus Costa na Vila Capanema

Posted by Esporte Banda B on Friday, November 1, 2019