Aos 41 anos, Marcos aposentará após acesso do Paraná Clube no Brasileirão (Geraldo Bubniak /AGB)

O Paraná Clube anunciou nesta quarta-feira (22), através de suas redes sociais, que a partida contra o Boa Esporte-MG marcará muito mais do que a despedida da equipe da Série B. O jogo também será o derradeiro da carreira do goleiro Marcos, um dos maiores ídolos do clube, que encerrará a carreira aos 41 anos após devolver o Tricolor à elite do futebol nacional.

Foram quase 20 anos debaixo das traves como jogador profissional. A trajetória foi iniciada pelo Paraná em 1997, quando estreou diante do Londrina, pelo Campeonato Paranaense, entrando no lugar do goleiro Régis, que se machucou na partida. Ficou no time até 2002, quando foi negociado com o futebol português, pelo qual atuou por dez anos e acumulou passagens pelo Marítimo, Sporting Braga e Feirense. Retornou ao Tricolor em 2013 e não saiu mais. Acumulando as duas passagens, Marcos disputou 366 jogos pelo clube, sendo o jogador que mais vestiu a camisa paranista.

“Como um paranista que teve o privilégio de me defender dentro das quatro linhas, você honrou meu manto, sofreu, lutou, chorou, mas acima de tudo, deu muita alegria à nação paranista. Hoje, você está realizado. Como todo paranista está. Lutou o bom combate com maestria e ajudou a me colocar no lugar que mereço estar”, publicou o clube em suas redes sociais como agradecimento ao ídolo. “Faltam palavras para te agradecer por tudo o que você fez por mim e por minha nação. Só posso te dizer: MUITO OBRIGADO! Obrigado por ser fiel às minhas cores. Obrigado por aguentar os momentos difíceis que passamos. Obrigado por mostrar o caminho correto a outros jogadores. Obrigado por respeitar esta camisa. Obrigado por dar alegria a tanta gente”, completou.

Mesmo tendo atuado pouco em 2017, o goleiro foi um dos destaques nos bastidores, servindo como referência para Léo e Richard, que revezaram a posição durante a temporada.

Um dos ídolos do acesso e do título brasileiro da Copa João Havelange, em 2000, Marcos cumpriu o que foi prometido quando retornou em 2013: devolver o Paraná Clube à elite. Com o acesso conquistado no último final de semana, o goleiro encerrará a carreira na partida contra o Boa Esporte-MG, no próximo sábado (25), às 17h30, no Couto Pereira, em jogo que marcará a despedida da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro.