Allan Aal tem dúvidas na escalação do Paraná para a partida contra o Náutico. (Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Allan Aal ainda não tem a escalação confirmada do Paraná para a partida contra o Náutico, nesta terça-feira (06), às 19h15, na Vila Capanema. O treinador aguarda pela recuperação dos zagueiros Fabrício e Salazar, que formam a dupla titular, e pode mexer no setor ofensivo.

Em entrevista à Banda B, o comandante já adiantou a possibilidade de “oxigenar” o time e destacou a importância de ter um bom desempenho na próxima rodada. “Para a próxima partida, vamos ver a questão física para, de repente, dar uma oxigenada em alguns atletas e voltar a ter aquela intensidade, mantendo a nossa organização independente de como adversário venha. O próximo jogo é importante para que a gente volte a ter o melhor desempenho que tivemos na maior parte das partidas”, afirmou.

Aal também ressaltou que espera contar com o meia Vitinho e o atacante Bruno Xavier, mas adiantou que ambos não têm condições de jogar a partida inteira. “A gente espera contar pelo menos grupo que vai ser relacionado para a partida. Eles ainda não têm condições de jogar mais de meio tempo. O Bruno vem de lesão e o Vitinho vem se recuperado de uma tendinite, que prejudicou a questão física dele. Eles estão fazendo um trabalho intenso no CT e por isso não foram relacionados [para a última rodada]”, falou.

Provável time

A provável escalação do Paraná tem Alisson; Paulo Henrique, Salazar (Roberto), Fabricio (Hurtado) e Jean Victor; Jhony Douglas, Higor Meritão e Renan Bressan; Gabriel Pires (Marcelo), Bruno Gomes (Léo Castro) e Andrey.

Após a derrota para o Botafogo-SP por 1 a 0, o Paraná completou três jogos sem vencer na Série B e caiu para a quarta colocação, com 22 pontos. O Tricolor agora tem seis pontos de desvantagem para o líder Cuiabá.