Claudinei Oliveira retorna ao comando do Paraná (Geraldo Bubniak/AGB)

Claudinei Oliveira é o novo treinador do Paraná. Um dia após a saída de Rogério Micale, a diretoria agiu rápido e acertou a contratação do técnico, nesta quarta-feira (15), para assumir o time pela terceira vez em sua carreira. O comandante deixou o Sport no último fim de semana e chegou a ser especulado também pelo Coritiba.

A primeira vez que Claudinei dirigiu o Tricolor foi em 2014, quando teve uma saída bastante criticada para assumir o rival Atlético. A segunda passagem aconteceu duas temporadas depois, em 2016, quando esteve à frente da equipe no Campeonato Paranaense e na parte inicial da Série B do Brasileirão. Ao todo, nas duas passagens, acumulou 46 jogos, com 18 vitórias, 15 empates e 13 derrotas.

Em sua volta à Vila Capanema, o treinador celebra mais uma oportunidade de comandar o time em sua carreira. “É sinal de que algum legado positivo eu deixei. Estou feliz com o convite, sabendo que temos uma árdua missão pela frente. Mas, sei também que os objetivos só serão alcançados com a união de todos, jogadores, comissão técnica, diretoria e torcida”, disse ao site oficial do clube.

Após a saída do Paraná, em 2016, Claudinei Oliveira comandou o Avaí no acesso à elite no mesmo ano e também durante a queda para Série B na última temporada. Ele deixou o time catarinense em abril e, por último, treinou o Sport no Brasileirão. Pelo Rubro-Negro, foram 16 partidas, com cinco vitórias, quatro empates e sete derrotas, aproveitamento de 39,5%.

O treinador chega ao Paraná com a missão de tirar o time da lanterna e cumprir o objetivo principal que é a permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Atualmente, o Tricolor tem 14 pontos, cinco a menos da primeira equipe fora da zona de rebaixamento. A estreia do comandante será contra o Internacional, no domingo (19), às 11h, no Estádio Beira-Rio.