Alex Brasil. (Luiz Ferraz/Banda B)

“Seria muito mais inteligente dar o título do Paranaense ao covid-19”. É assim que o gerente de futebol do Paraná, Alex Brasil, encara uma possível volta do Estadual nos próximos dias. O dirigente paranista não vê condições da realização de jogos em Curitiba e critica a possibilidade das fases finais do torneio serem disputadas na cidade de Joinville, em Santa Catarina.

“É um absurdo pensarmos em jogos na capital neste momento. Seria muito mais inteligente darmos o título ao covid-19. Não há nexo nenhum também em jogar o Paranaense na Série B. Sou contra”, afirmou Alex Brasil, em entrevista ao programa Balanço Esportivo, da rádio Banda B. Caso o Estadual seja retomado, o Paraná enfrentará o Coritiba, nas quartas de final. A partida de ida seria disputada com mando do Tricolor.

O diretor também falou sobre a maratona de jogos que serão enfrentados pelo Paraná a partir de agosto, pois a Confederação Brasileira de Futebol já determinou o início da competição para daqui um mês. Alex Brasil acredita que, devido à juventude do elenco paranista, não será necessário ‘inchar’ o grupo para sobreviver à maratona de jogos.

“Nós fizemos a pré-temporada e o Estadual para o elenco se conhecer e acredito que tenhamos conseguido um bom ritmo no Paranaense. No retorno dos treinos, mesmo que em grupos, não tivemos nenhum caso de lesão grave, o que comprova o mérito do trabalho da comissão técnica. Teremos algumas limitações sim, devido à situação inédita, mas não acho que trabalhar com um grupo grande seja uma vantagem neste momento”, analisou Brasil.

Série B

Sobre a Série B, o gerente de futebol acredita que a edição de 2020 será uma das mais disputadas de todos os tempos. “Todos estão no mesmo nível nesse momento. Será uma Série B totalmente diferente. Teremos vários confrontos regionais e será um equilíbrio muito grande”, finalizou.