Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dalke

Cristian de Souza poupou atacantes de críticas e destacou equilíbrio na Série B (Felipe Dalke/Banda B)

Com um dos piores desempenhos defensivos da Série B do Brasileirão, o Paraná busca um equilíbrio entre a defesa sólida, característica principal da equipe na temporada, e um ataque efetivo. Na véspera do duelo contra o América-MG, nesta sexta-feira (7), o técnico Cristian de Souza minimizou as críticas aos atacantes paranistas e destacou os desafios do time para se adaptar às ideias de jogo do comandante e enfim encontrar a melhor solução para que os gols comecem a sair.

“Com um equilíbrio tanto ofensivo quanto defensivo, vamos garantir uma boa campanha. O ataque não passa só pelo nove. Ele passa por toda a equipe. A construção é desde o goleiro, passa pelos zagueiros e pelo pessoal de meio-campo. Então, a cobrança não é só em cima do camisa nove especificamente. É uma cobrança em cima de uma ideia de jogo, de toda a participação dos jogadores, da comissão técnica. Esse desafio é nosso e de todas as equipes, e a gente vai buscar isso. Eu acredito que as equipes bem organizadas defensivamente e sem a bola, vão ter sempre mais excelência que as outras”, afirmou o treinador em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (6), na Vila Capanema.

Na construção deste modelo de jogo equilibrado, Cristian de Souza analisou o desempenho das demais equipes da competição e destacou os números defensivos do Paraná na Série B. “Eu estou vendo muito equilíbrio. Do primeiro lugar até as equipes que estão lá embaixo, a diferença de pontos é muito curta. Ontem eu estava fazendo uma pesquisa e o time que menos tem posse de bola na Série B é o Juventude. Estamos com números abaixo do nosso esperado na questão ofensiva, mas na defensiva estamos sempre os melhores números. Está mudando e os números estão mostrando isso. A gente sabe que está muito parelho, muito igual. Enfrentamos adversários difíceis aqui dentro de casa e eu vejo esse equilíbrio. E amanhã não será diferente. Vai ser um jogo equilibrado, resolvido no detalhe, e nós estamos nos preparando para isso”, avaliou.

Com mistérios na escalação, o comandante não confirmou a equipe que deverá mandar a campo em busca da segunda vitória consecutiva na competição, mas já adiantou que deverão ter mudanças em relação ao time que vinha atuando nas últimas partidas. “A gente já tem o time definido. Os treinos mostraram a equipe mais equilibrada para ir para o campo amanhã, mas vamos segurar esta informação. Vamos fechar o treinamento para não essa arma para o Enderson [Moreira] e para a equipe adversária, pois vamos promover algumas coisas diferentes daquilo que a gente vinha fazendo”, concluiu.

O Paraná recebe o América-MG nesta sexta-feira (7), às 21h30, na Vila Capanema, em duelo válido pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira a entrevista coletiva do técnico Cristian de Souza: