Por Rodrigo Dornelles
ATLÉTICO PARANAClássico começa a definir finalista do Paranaense. (Geraldo Bubniak/ futebolparanaense.net)

Valendo mais que uma classificação à decisão do Campeonato Paranaense. Atlético e Paraná se enfrentam neste sábado (16), na Arena da Baixada, na primeira partida da semifinal do Estadual. Mas além da vaga para a final, o confronto também vale o sabor de deixar um rival para trás.

Jogando em casa, o Furacão tenta conseguir uma boa vantagem na ida para a partida decisiva, na Vila Capanema, no próximo final de semana. Para isso, o técnico Paulo Autuori deverá colocar o que tem de melhor à disposição.

Quatro jogadores que foram poupados contra o Brasil de Pelotas devem voltar ao time titular. O lateral-direito Eduardo, o zagueiro Paulo André, o volante Otávio e o atacante Walter devem iniciar o jogo. Além deles, o meia Vinícius, que estava suspenso contra o Xavante, também deve ser titular.

Provavelmente com o que tem de melhor, o Atlético busca um bom resultado para abrir vantagem e definir a vaga fora de casa. Em meio ao confronto, o Furacão tem ainda a final da Primeira Liga, quarta-feira (20), contra o Fluminense, em Juiz de Fora.

Do lado do Paraná, visitante neste primeiro jogo, o objetivo é conseguir um bom resultado na Arena para levar o duelo vivo para a Vila Capanema. O técnico Claudinei Oliveira também não tem problemas para escalar o time que vai a campo e não confirmou a escalação titular, mas não deve fazer grandes alterações.

Contando com todos os atletas à disposição, o treinador deve ter apenas uma dúvida para definir os 11 titulares que iniciam a partida. Na lateral-esquerda, Fernandes deve ser o escolhido, mas Rafael Carioca também pode aparecer na posição.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO x PARANÁ

Local: Arena da Baixada, em Curitiba.
Data: 16 de abril de 2016.
Horário: 16h20.

Atlético: Weverton; Eduardo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Jadson, Nikão, Vinícius e Marcos Guilherme; Walter.
Técnico: Paulo Autuori.

Paraná: Marcos; Nei, Zé Roberto, Alisson e Fernandes (Rafael Carioca); Jean, Anderson Uchoa, Nadson e Válber; Robson e Lúcio Flavio.
Técnico: Claudinei Oliveira.