Reprodução

A chegada de reforços e uma melhor ‘preparação mental’ do elenco em campo podem ser as fórmulas para que o Paraná Clube marque gols e volte a vencer na Série B. Essa é a análise do técnico Matheus Costa, após entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (19), na Vila Capanema.

“Hoje somos a terceira zaga menos vazada e o quarto time que menos perdeu, então defensivamente estamos bem organizados, mas falta marcar gols. Em muitas oportunidades nós criamos mas não marcamos. Em outras, temos dificuldades para criar perigo ao adversário. Por isso, trouxemos alguns atletas para ajudar nessa situação”, afirmou o treinador.

Nos últimos oito jogos, o Paraná marcou apenas cinco gols, e venceu somente duas partida,s ambas fora da Vila Capanema. A ‘seca’ de vitórias diante da torcida paranista tem incomodado a comissão técnica e os atletas. Costa analisa que um ‘incômodo mental’ tem atrapalhado o desempenho do Tricolor.

“Às vezes o físico e o técnico estão bem, mas a preparação mental pode atrapalhar em campo”, disse.”Nas últimas rodadas, conquistamos três pontos fora e um em casa. Se fosse o contrário, talvez todos veriam de forma natural. Por isso sabemos da importância de vencer na Vila, principalmente pelo nosso torcedor. Eles podem ter a esperança de que lutaremos por um bom resultado no sábado e por outro na quarta-feira, para reencontrarmos nossas vitórias em casa”, revelou o técnico.

Para atingir esse objetivo, Matheus Costa elogiou as novas contratações paranistas. “Temos gostado muito dos treinos do Judivan e do Pimentinha, eles serão muito úteis. Já com o Vitinho ainda não podemos contar por causa da lesão, mas acredito que na semana que vem ele estará liberado pelo departamento médico”, afirmou.

O Paraná Clube volta a campo no sábado (21), às 11h, contra o Guarani, em Campinas.

Confira a entrevista na íntegra:

Entrevista do técnico Matheus Costa

Posted by Esporte Banda B on Thursday, September 19, 2019