Matheus Costa. (Felipe Dalke/Banda B)

O técnico Matheus Costa foi questionado se Paraná e Coritiba brigam por uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro. De acordo com o treinador, a briga é entre quatro, cinco equipes por dois lugares na primeira divisão em 2020, entre eles o próprio Tricolor, que está em quinto lugar, com 50 pontos, três a menos que o Coxa, time que fecha o G4.

“Eu vejo de uma maneira um pouco mais consciente. Talvez, existam duas vagas em aberto. O Bragantino não precisamos mais comentar e o Sport está muito bem encaminhado. Hoje quem tem a vantagem são Atlético-GO e Coritiba pela posição da tabela. Porém, faltam cinco rodadas e os dois jogam fora de casa nos dois próximos jogos e nós jogamos em casa. Temos que assumir a responsabilidade se a gente almeja algo e conquistar as nossas vitórias. E depois ainda temos um confronto direto em Goiânia. A briga existe entre as equipes que querem subir e não podemos esquecer do América-MG, que também continua na briga. Uma briga de quatro, cinco equipes por duas vagas e temos resultados que podem surpreender”, analisou o treinador paranista.

O Tricolor tem a oportunidade de se aproximar, ou até entrar, no G4 se vencer as duas próximas partidas em casa contra o Vitória e São Bento e Atlético-GO e Coritiba tropeçaram. Mesmo com dois jogos em casa diante de equipes que brigam contra o rebaixamento, o comandante alertou que o time não pode cair na armadilha de que já somou os seis pontos. “Não podemos cair na armadilha que vamos conquistar seis pontos nesses dois jogos de qualquer maneira. São dois jogos dificilíssimos. O Vitória demonstrou na última rodada a qualidade que tem, é uma equipe que demonstrou ser aguerrida. Temos que estar bem preparados amanhã [sexta-feira] para conquistar o resultado”, disse.

“Temos que assumir a responsabilidade e se a gente almeja o acesso, essas vitórias são de fundamental importância. Estamos três pontos atrás do quarto colocado e temos a responsabilidade de uma equipe que está brigando por uma vaga na Série A. O apoio do nosso torcedor só tende a nos fortalecer. É entrar concentrado para buscar essa vitória desde o início”, acrescentou Costa.

Provável escalação

O treinador paranista confirmou os retornos do zagueiro Rodolfo, que cumpriu suspensão na última rodada, e do atacante Judivan, recuperado de lesão. “Natural o retorno do Rodolfo. Existia a possibilidade do Judivan não ir para o jogo, mas vai. Ele fez testes durante a semana, correspondeu e é mais um jogador que temos como opção para o jogo. É estar bem preparado, dois dias para se recuperar e concentrar para estar o mais preparado possível para o jogo diante do Vitória”, explicou.

A provável escalação do Paraná tem Thiago Rodrigues; Léo Príncipe (Éder Sciola), Leandro Almeida, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Fernando Neto; João Pedro (Judivan ou Vitinho), Matheus Anjos e Bruno Rodrigues; Jenison.

Assista à entrevista do técnico Matheus Costa