O técnico Marcelo Oliveira instituiu a ideia do “brilho nos olhos” dentro do elenco paranista. Nas palavras dele, nada mais é que uma tentativa de manter os jogadores sempre motivados em busca da vaga na Série A. “Penso que a parte técnica é importante, a parte física também, mas nada disso vale muito se a gente não tiver completamente voltados para os nossos objetivos. Então o brilho nos olhos nada mais é que a vontade de vencer o jogo, vencer na vida e isso é fundamental para que uma equipe chegue a algum lugar”, explicou.

Para o jogo de amanhã, contra a Ponte Preta, em Campinas, ele quer o time com a mesma postura adotada nos jogos na Vila Capanema. “Em casa, por ser um campo que a gente já está acostumado e pela ação do torcedor, é evidente que acaba empurrando mais o time. Mas eu acho que temos que ter o mesmo comportamento fora de casa, com relação ao equilíbrio entre o setor defensivo e ofensivo. Sem a bola, temos que marcar bem, com um número maior de homens atrás da linha da bola do que o adversário. E com a bola, nós vamos atacar da mesma forma que foi contra o Ipatinga”, disse Oliveira.

Durante esta semana, o treinador trabalhou muito em cima de finalizações e jogadas de bola parada. Na opinião de Marcelo, os trabalhos foram muito produtivos. “Naturalmente, no decorrer do jogo, a gente vai colocando um ou outro de acordo com a necessidade, se precisar abrir mais ou fechar o time”, finalizou.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Marcelo Oliveira prega 'brilho nos olhos' dos jogadores

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.