O Paraná saiu perdendo da Portuguesa em plena Vila Capanema, mas a equipe não se abateu e conseguiu a vitória. Com o placar de 2 x 1, o Tricolor chega na paralisação para a Copa do Mundo na liderança da Série B. Para o treinador Marcelo Oliveira, os jogadores não se abateram com o resultado ruim e foram em busca da virada. “É importante essa vitória. Vitória de um time que lutou o tempo inteiro, com muita determinação, e que buscou a vitória desde o início do jogo. A Portuguesa fez o gol, e é uma equipe muito qualificada, e infelizmente levamos o gol num lance de bola parada. E o time não se abateu, a gente sabia que podia virar, e conseguimos. Essa primeira posição é fruto de muito trabalho. Temos que exaltar o apoio do torcedor de cima, não aqueles que ficam atrás do banco xingando o treinador e os jogadores. Mas o torcedor de maneira geral foi determinante na vitória”, analisou o treinador.

De última hora, Oliveira sacou Wanderson do time e escalou Luiz Camargo com a camisa 10. E ele diz não se arrepender da decisão, já que Camargo foi autor do gol da vitória tricolor. “Eu tinha muita convicção do que fiz, não estou aqui brincando. Com o campo molhado, eu sabia o que podia acontecer no jogo. Me questionaram muito o gol de bola parada, porque a gente ficou o tempo inteiro no campo do adversário. Eu faria tudo igual, da mesma forma. E a substituição deu certo, o João Paulo faz muito bem a função na direita. E o Luiz Camargo foi fundamental na nossa vitória”.

Sempre muito equilibrado, o técnico falou da caminhada que o Paraná vai ter daqui para frente no Brasileiro: “Agora vamos descansar um tempinho, mas não é férias. Os atletas tem recomendação para fazer algum tipo de trabalho físico. O Campeonato vai mudar muito depois da parada, as equipes vão se reforçar, e nós temos que voltar fortes. Aqui o nosso perfil é de pessoas que estão dispostas a passar por alguns sacrifícios para vencer na vida. Nós transformamos um grupo de jogadores em uma equipe, unida em um objetivo, e focada em busca das vitórias. Há um respeito mútuo aqui, uma amizade constante e uma cobrança para trabalho forte. Só se consegue as coisas com trabalho forte e honesto. É o início de uma caminhada forte, com certeza com muitos obstáculos”.